Cidadeverde.com

World Masters 2016: Sarah Menezes perde para japonesa e fica com a prata

  • ijf07.jpg © IJF Media by G. Sabau
  • ijf06.jpg © IJF Media by G. Sabau
  • ijf05.jpg © IJF Media by G. Sabau
  • ijf04.jpg © IJF Media by G. Sabau
  • ijf03.jpg © IJF Media by G. Sabau
  • ijf02.jpg © IJF Media by G. Sabau
  • ijf01.jpg © IJF Media by G. Sabau
  • pos05.jpg Foto: Lara Monsores/CBJ
  • pos04.jpg Foto: Rafal Burza/CBJ
  • pos03.jpg Foto: Rafal Burza/CBJ
  • pos02.jpg Foto: Rafal Burza/CBJ
  • pos01.jpg Foto: Rafal Burza/CBJ
  • pos00.jpg Foto: Rafal Burza/CBJ
  • podio04.jpg Reprodução/Ippon TV
  • podio03.jpg Reprodução/Ippon TV
  • podio02.jpg Reprodução/Ippon TV
  • podio01.jpg Reprodução/Ippon TV
  • kondo05.jpg Reprodução/Ippon TV
  • kondo04.jpg Reprodução/Ippon TV
  • kondo03.jpg Reprodução/Ippon TV
  • kondo02.jpg Reprodução/Ippon TV
  • kondo01.jpg Reprodução/Ippon TV
  • tur03.jpg Reprodução/Ippon TV
  • tur02.jpg Reprodução/Ippon TV
  • tur01.jpg Reprodução/Ippon TV
  • cub04.jpg Reprodução/Ippon TV
  • cub03.jpg Reprodução/Ippon TV
  • cub02.jpg Reprodução/Ippon TV
  • cub01.jpg Reprodução/Ippon TV
  • mex-02.jpg Reprodução/Ippon TV
  • mex-01.jpg Reprodução/Ippon TV

Atualizada às 19h58

A judoca Sarah Menezes ficou com a medalha de prata no World Masters, competição que reúne os 16 melhores do ranking mundial em cada categoria da modalidade. Em Guadalajara, no México, a brasileira perdeu a final para a japonesa Ami Kondo. O torneio foi o último disputado pela piauiense antes dos Jogos Olímpicos. Competição agora, só no dia 6 de agosto, no Rio de Janeiro (RJ). 
    
O bronze na categoria até 48kg ficou com Julia Figueroa, da Espanha, e Maryna Cherniak, da Ucrânia. 

Dos seis brasileiros em ação no primeiro dia de competições, só Sarah Menezes ganhou medalha. Na categoria até 52kg, Érika Miranda perdeu a semifinal e foi para a disputa de bronze com Annabelle Euraine, da França, mas acabou derrotada. Rafaela Silva (57kg), Felipe Kitadai e Eric Takabatake (60kg) caíram na estreia. O torneio continua até domingo. 

Mais que o pódio, Sarah Menezes entrou no tatame para observar suas adversárias em Rio 2016 e obter um resultado que a mantenha como cabeça-de-chave no torneio olímpico - a presença na final foi suficiente para isto e a judoca ficará, na pior das hipóteses, com o terceiro lugar no ranking mundial.

O confronto final foi importante nesse sentido. Sarah Menezes e Ami Kondo só haviam se enfrentado uma única vez, em 2013, com vitória para a japonesa.

Para quem ainda não tem vaga nos Jogos Olímpicos, o World Masters é a última chance para obter pontos no ranking mundial. A lista será usada como critério pela Confederação Brasileira de Judô para definir os nomes da delegação brasileira no Rio de Janeiro. O anúncio será feito no dia 1º de junho. 

Veja as disputas de medalha desta sexta-feira (27):

Atualizada às 19h21
Sarah Menezes tomou iniciativa no começo da luta, mas perdeu a luta na única falha. Faltando dois minutos e meio para o fim, Ami Kondo conseguiu imobilizar a piauiense no solo, venceu a luta e levou o título. 

48kg - Final  I   W   Y   P 
Ami KONDO (JPN) -[Ranking 7]   1   -   -  -
Sarah MENEZES (BRA) -[Ranking 4]  - - - -

 

Atualizada às 16h45
Sarah Menezes e Dilara Lokmanhekim haviam se enfrentado duas vezes em 2015, com uma vitória para cada lado. No tira-teima, a brasileira conseguiu dois yukos logo no primeiro minuto de luta. Administrando a vantagem, sempre tentando derrubar a adversária turca ou ganhar por imobilização, a campeã olímpica ainda conseguiu um waza-ari e mais um yuko, garantido vaga na decisão do World Masters.

48kg - Semifinal  I   W   Y   P 
Dilara LOKMANHEKIM (TUR) -[Ranking 13]   -   -   -  2
Sarah MENEZES (BRA) -[Ranking 4]  - 1 3 1

 

 

Atualizada às 15h43

Nas quartas-de-final, o reencontro com a Cubana Dayaris Mestre Alvarez foi marcado pelo equilíbrio. Os primeiros minutos de luta foram de punições para os dois lados. A cubana perdia por três punições contra duas da brasileira, quando Sarah Menezes conseguiu um waza-ari. 

Na reta final, a luta ficou mais acirrada e Dayaris forçava punições contra Sarah, até igualar os cartões amarelos em 3 a 3. Mesmo com um waza-ari de vantagem, a piauiense seria derrotada se tomasse uma nova punição. Mas foi a cubana quem acabou punida nos segundos finais. 

Antes de Guadalajara, as duas judocas já haviam se enfrentado 10 vezes, com sete vitórias para a brasileira. Os últimos três confrontos foram neste ano, sempre com Sarah Menezes vencedora. 

48kg - Quartas-de-final  I   W   Y   P 
Sarah MENEZES (BRA) -[Ranking 4]   -   1   -  3
Dayares ALVAREZ (CUB) -[Ranking 20]  - - - 4

 

 

Atualizada às 14h10
O primeiro confronto foi equilibrado até mais da metade do tempo ser decorrido. Faltando 1 minuto e 43 segundos, Sarah Menezes parou para ser atendida pela equipe médica, aparentemente apresentando um sangramento no nariz, do qual ela já vinha reclamando. 

48kg - Oitavas-de-final  I   W   Y   P 
Sarah MENEZES (BRA) -[Ranking 4]   1   -   1  3
Edna CARRILLO (MEX) -[Ranking 22]  - - - -

 

Na volta da luta, brasileira conseguiu um Yuko, pontuação mínima. Depois disso, Carrillo passou a ser mais agressiva. Na defensiva, Sarah Mezes sofreu três punições - a quarta forçaria sua eliminação. Mas a um segundo do fim, piauiense aplicou um golpe rápido que garantiu a vitória por Ippon. 

Foi a segunda vitória de Sarah Menezes contra Edna Carrillo. Antes, as duas judocas só haviam se enfrentado em 2010, no Campeonato Mundial disputado no Japão. 

Reveja a transmissão das lutas eliminatórias: