Cidadeverde.com

River 2x3 América-RN - começou a novela

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

O River precisa definir seu papel na Série C. Se quer ser protagonista ou coadjuvante. Ou transformar sua participação no torneio em dramalhão mexicano - a pior opção. O fato é que a campanha tricolor começa a ganhar contornos de uma novela. 

Antes do torneio começar, minha resposta a qualquer pessoa era de que o River chegaria entre os quatro melhores do seu grupo por um simples motivo: conseguiu manter praticamente o mesmo time do ano anterior, o que não é fácil no futebol brasileiro - em especial nos clubes das divisões inferiores. 

O empate em 1 a 1 fora de casa, com o Fortaleza, reforçou essa convicção. A derrota por 3 a 2 para o América de Natal em pleno Albertão me fez rever esse pensamento. 

O River que enfrentou o Fortaleza teve mais disposição, foi eficiente na marcação. O River que recebeu o América parecia seguir o mesmo rumo, mesmo jogando com outro esquema. Mas tomou um gol bobo e ficou vendo o Mecão jogar nas laterais, onde foi construída a derrota, seguida de uma reação com contornos dramáticos.

O cansaço da maratona de jogos ainda pode ser uma desculpa para o Galo. Mas não há justificativa para ser derrotado por um América (RN) ainda em reestruturação. A vitória era o dever de casa. Esses três pontos podem fazer falta mais adiante.

Foto: Eduardo Frota/Cidade Verde

Não adiantou mandar no primeiro tempo. E a entrada de Júnior Xuxa foi boa, mas tardia. Ser o dono da partida em 60 minutos é pouco se o adversário se vira nos outros 30, faz três gols, acerta a trave e vence.

O técnico Capitão disse que o time sabe que não pode tomar gols como os dois últimos, com falhas nas laterais e no setor defensivo. E que é hora de esquecer a derrota e pensar no Remo (PA), adversário da próxima rodada. 

Discordo. É hora de lembrar o jogo do América durante a semana toda. Se o time treina e erra, é preciso treinar e treinar até acertar. É preciso lembrar do erro para não repeti-lo. 

Capitão também costuma dar entrevistas exaltando os pontos positivos do time e defendendo os jogadores criticados pela torcida. E o River realmente tem bons momentos durante as partidas, como neste domingo. Falta jogar bem e ser eficiente. É preciso tornar isso constante. A continuar oscilante, o futuro tricolor na Série C é ser coadjuvante em 2016.