Cidadeverde.com

Sarah Menezes fecha ranking em 4º lugar; veja os prováveis convocados para Rio 2016

Foto: © IJF Media by G. Sabau

Fábio Lima
fabiolima@cidadeverde.com

A luta final do World Masters de Judô, em Guadalajara, no México, foi determinante para a posição de Sarah Menezes no ranking mundial, atualizado nesta segunda-feira (30) pela Federação Internacional de Judô. 

A piauiense ficou com a quarta posição na categoria até 48kg, menos de 100 pontos atrás justamente da japonesa Ami Kondo, que venceu a brasileira na decisão do torneio no México e ficou com o ouro. A posição a garante como cabeça-de-chave nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto. 

A liderança continua com mongol Urantsetseg Munkhbat, seguida pela argentina Paula Pareto. com o quarto lugar, Se as regras das últimas competições forem mantidas, Sarah e Munkhbat podem se encontrar em uma semifinal nos Jogos Olímpicos. Pareto e Kondo seriam adversárias da brasileira somente em uma eventual final no Rio de Janeiro. 

Veja o ranking definitivo para os Jogos Olímpicos

Convocados
A partir de 10h da manhã desta quarta-feira (1º), a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) irá anunciar os representantes do Brasil em cada categoria nas Olimpíadas. O país só tem direito a um judoca por peso e o ranking mundial deve ser usado como critério de escolha. 

Em algumas categorias, a definição será simples, como no caso de Sarah Menezes. Em outras, a disputa foi mais apertada. No peso ligeiro masculino, Eric Takabatake vence Felipe Kitadi, bronze em Londres 2012, por uma posição e apenas 19 pontos de diferença. A situação é parecida com Rafael Silva, também bronze na última Olimpíada, e David Moura, entre os mais pesados. 

Os melhores brasileiros no ranking atualizado nesta segunda-feira (30) são:

48kg - Sarah Menezes (4º)
52kg - Érica Miranda (4º)
57kg - Rafaela Silva (14º)
63kg - Mariana Silva (16º)
70kg - Maria Portela (14º)
78kg - Mayra Aguiar (4º)
+78kg - Maria Suelen Altheman (12º)

60kg - Eric Takabatake (13º) e Felipe Kitadai (14º) - 19 pontos de diferença
66kg - Charles Chibana (19º)
73kg - Alex Pombo (27º)
81kg - Victor Penalber (7º)
90kg - Tiago Camilo (20º)
100kg - Rafael Bucarazini (24º) e Luciano Correa (27º) - 101 pontos de diferença
+100kg - Rafael Silva (9º) e David Moura (10º) - 102 pontos de diferença