Cidadeverde.com

Tiago Vasconcelos admite prejuízo eleitoral e financeiro, mas quer Flamengo campeão em 2017

Foto: Roberta Aline

Em entrevista à rádio Antares AM, na noite desta quinta-feira (6), o presidente do Esporte Clube Flamengo, Tiago Vasconcelos, admitiu que o desempenho ruim do time em 2016 pode ter contribuido para sua derrota nas eleições municipais. O dirigente esportivo é vereador em Teresina (PI), mas não conseguiu a reeleição. 

Em resposta a pergunta feita por este blog Na Esportiva, Tiago Vasconcelos que parte do seu eleitorado é da comunidade evangélica, que pode não ter interpretado bem sua relação com o futebol. Por outro lado, o rendimento em campo da equipe não o trouxe prestígio entre os esportistas para compensar a possível perda de votos. 

A principal razão para a derrota para o vereador, no entanto, foi a campanha contrária ao seu nome e de outros parlamentares pelo voto contra o projeto de climatização dos ônibus - Vasconcelos justificou que já existe lei prevendo que isso seja feito.

Tiago Vasconcelos frisou que não entrou no Flamengo por interesse político, pois já era vereador quando assumiu a presidência do clube:

- Isso é um desejo pessoal, desejo de ver o Flamengo diferente. O Flamengo é um patrimônio. 

O prejuízo, no entanto, não foi só político. Tiago Vasconcelos revelou ter destinado recursos próprios no clube por falta de patrocínios, o que o impediu de investir mais na campanha eleitoral. 

- Não vou dizer para você que não tirei do bolso. Foram gastos pessoalmente meus (no Flamengo), que não voltaram, quase R$ 200 mil.  

Mesmo assim, ao longo da entrevista o que se viu foi um Tiago Vasconcelos otimista, prometendo novidades para os próximos meses, incluindo a definição de onde deve ser a nova sede social do rubro-negro. Também afirmou que o treinador para a próxima temporada precisa ser comprometido em montar um time tirar o Flamengo do jejum de títulos estaduais, que dura quase uma década. E convocou o torcedor a ajudar o clube, com iniciativas que serão lançadas em breve.