Cidadeverde.com

Má fase afeta ídolos piauienses no futebol pernambucano


Tiago Cardoso vai para seu terceiro jogo como reserva (Foto: Antônio Melcop)

 

Tiago Cardoso já é considerado um dos maiores ídolos do Santa Cruz. O goleiro entrou para a história ao subir da Série D para a Série A junto com o time, recusando propostas de outros clubes. 

Na Série A, a má fase do clube o ajudou a ir para o banco de reservas. Sua última partida foi a derrota por 3 a 1 para o Figueirense.

Com Edson Kõlln debaixo da trave, o Santa perdeu para Palmeiras e Flamengo. Nesta quarta (12) o confronto é com o Corinthians. O jogo será em Cuiabá (MT) e Tiago deve continuar no banco.


Renê tenta recuperar bom futebol e a titularidade (Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

 

Já no Sport, Renê pode voltar a ser titular, mas isso não significa que o lateral picoense já ganhou de volta o status de antes com a torcida. 

Em má fase, Renê ganhou a concorrência do costarriquenho Rodney Wallace. O Sport quis tanto contar com o estrangeiro no jogo contra a Chapecoense, nesta quarta, que um esquema especial foi armado para trazer o lateral da Rússia, onde ele defendeu seu país em um amistoso no domingo. Se ele estiver bem recuperado da viagem, entrará em campo. Do contrário, Renê ganhará mais uma chance para mostrar serviço a Oswaldo de Oliveira. O jogo será às 11h.

E mesmo com desempenho abaixo do seu normal, Renê ainda teve seu nome cogitado por alguns clubes na semana passada - Cruzeiro e Ponte Preta, segundo seu empresário. 
 
Para completar a lista, outro piauiense está no Santa Cruz, mas nem teve a chance de virar ídolo da torcida. O lateral Roberto Heuchayer só fez cinco jogos pelo tricolor e não entra em campo há dois meses.

E só para colocar ainda mais drama, não custa lembrar que Santa Cruz e Sport estão ameaçados pelo rebaixamento para a Série B. Não são só os jogadores piauienses que estão com pé torto. 

Toda má fase um dia acaba. Tomara que quando essa zica passar só não seja tarde demais para os times pernambucanos na Série A.