Cidadeverde.com

Flávio Araújo está livre no mercado da bola

Foto: Elias Auê

 

Flávio Araújo está livre no mercado. 

Exatamente um ano após o vice-campeonato da Série D do Brasileirão com o River (PI), o treinador foi desligado amigavelmente do Sampaio Corrêa (MA), já rebaixado para a Série C de 2017. A diretoria alegou questões financeiras.

O técnico voltou ao Sampaio Corrêa em agosto para tentar tirar da zona de rebaixamento o clube que ele tirou da Série D e levou até a Série B. A reação foi insuficiente. 

O Sampaio ainda enfrentará o Atlético Goianiense, no dia 19, e o Goiás, no dia 26, na despedida da Série B. O treinador será Vinícius Saldanha, das categorias de base do clube. 

O ano de Flávio Araújo não foi dos melhores. Demitido do Fortaleza (CE) ainda no começo da temporada, o treinador não conseguiu evitar o rebaixamento do Mogi Mirim no Campeonato Paulista. Foi ao Cuiabá (MT) e saiu de lá com o clube na zona de rebaixamento para a Série D - rodadas depois, a equipe conseguiu escapar. 

Flávio Araújo está acostumado a encerrar o ano ao lado da estátua de Padre Cícero, em Juazeiro do Norte (CE). A diferença para este ano é que dessa vez ele talvez não leve nenhuma bandeira de clube.

Ou vai que na próxima visita a Juazeiro o treinador peça a benção para sua nova equipe, a ser comandada por ele em 2017. Qual será?