Cidadeverde.com

Copa do Brasil: adversário do River já começou a montar seu time

O estádio Fredis Saldivar, o Douradão, na cidade de Dourados (MS), vai receber o River em fevereiro de 2017. O Galo viajará ao Pantanal para enfrentar o Sete de Setembro, atual campeão do Mato Grosso do Sul, na primeira fase da Copa do Brasil. 

O tricolor viverá uma situação inédita. A mudança do regulamento força um jogo único. Melhor no ranking da CBF, o River poderá se classificar com um empate. Mas se perder, estará fora. 

O Sete de Setembro disputou a Série D do Brasileirão neste ano, mas foi eliminado na segunda fase pelo Fluminense de Feira de Santana (BA). O clube é gerido com o apoio da empresa TNY Sports, que trabalha a montagem do elenco. 

Para 2017, alguns nomes do clube já foram definidos. O treinador será Emanoel Sacramento, que já passou pelo Potiguar (RN) e treinou recentemente o Sampaio Corrêa do Rio de Janeiro, na Série B fluminense. 

Os torcedores do time comemoraram a permanência do goleiro Fernando Hilário, nome importante na última temporada. Também estão confirmados os zagueiros Bruno e Caio Palma, os laterais Renatinho, Da Silva e Felipe Tarracha, o goleiro Anderson Ecker, o volante Eduardo Arroz e outros nomes. 

As novidades mais chamativas estão no ataque. A imprensa sul-matogrossense noticia acertos do 7 de Setembro com Vitor Flora, que ainda novo foi contratado pelo Liverpool, da Inglaterra, mas não atuou na equipe principal. Outro nome é o do argentino Mariano Cusano, do qual se tem poucas informações além da nacionalidade.

Se passar de fase, o River enfrentará CSA (AL) ou Sport (PE) - que já será seu adversário na Copa do Nordeste. 

O torcedor tricolor gostou do sorteio. O problema é que o torcedor do Sete gostou também.