Cidadeverde.com

Stanley treina forte para seletiva: 'nem o terremoto me parou'

Nada abala o sonho de Stanley Torres de entrar para a seleção brasileira de judô. Nem um terremoto. 

O chão tremeu em Teresina (PI), na manhã desta terça-feira (3), enquanto o judoca saía para um dos seus três treinos diários. 

Ao saber da notícia, o atleta entrou na brincadeira do professor Fabieldo Torres. Ao lado do colega Francisco Carlos, simularam o que poderia ter feito o chão nordestino tremer. 

Mais tarde, ao Cidadeverde.com, o próprio Stanley brincou:

- Nem o terremoto me parou.

E falando sério, nada parece parar o judoca, que dispensou a folga no Natal e Ano Novo. Stanley Torres vem treinando judô, musculação e ainda faz uma preparação física extra para melhorar seu desempenho. 

Tudo para estar pronto no dia 14, em Osasco (SP), para a Seletiva Tóquio 2020, da Confederação Brasileira de Judô (CBJ). Estar entre os melhores pode significar vaga na seleção nacional, com direito a viagens para torneios no exterior. Tomara que ele faça a terra tremer em São Paulo. Ou pelo menos o tatame. 

Foto: Wilson Filho/Cidade Verde