Cidadeverde.com

Piauí terá seis provas com pontuação máxima no ranking nacional de ciclismo

Foto: Divulgação/Aldeia

Em 2017, o Piauí terá seis provas com pontuação máxima no ranking nacional da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) - um recorde para o estado. 

Isso significa que o Piauí poderá receber mais atletas de outros estados, em busca de pontos no ranking, ampliando o intercâmbio e movimentando o turismo esportivo na região. 

E o presidente reeleito da Federação de Ciclismo do Piauí, George Rodrigues, observa mais pontos positivos. 

- Isso quer dizer que os atletas do Piauí terão mais chances de conquistarem melhores pontuações, visando título de campeões brasileiros por ranking e isso faz uma grande diferença, pois quanto menos provas de ranqueadas aqui, menos chances de estarem no topo.

Terão pontuação máxima no ranking nacional o Picos Pro Race, Rally 40 Graus, Desafio Timon Bike, Short Track, Evo Cross e X-Treme. 

O calendário do ciclismo piauiense será aberto com o Piocerá, entre 25 e 30 de janeiro, que também valerá pontos no ranking nacional. 

Já o Campeonato Piauiense de mountain bike começará no dia 11 de fevereiro, em Teresina, com a Short Track, prova nas trilhas do parque ambiental da ponte estaiada. A expectativa é de que 150 ciclistas participem da disputa.