Cidadeverde.com

Lancuna: 'Eu disse dentro do vestiário que nós não perderíamos'

Fotos: Wilson Filho

Quando o Flamengo fez 1 a 0 logo no começo do jogo, a torcida da Sociedade Esportiva de Picos se preocupou. Quando viu o rubro-negro dominar as ações do primeiro tempo, alguns já esquentaram a cabeça. 

Há uma expectativa muito grande de que o Zangão brigue pelo título do Campeonato Piauiense. O técnico Nivaldo Lancuna costuma dizer que foi contratado para isso, e pelo que fez com a equipe do Altos no ano passado não é de se esperar outra coisa. 

A reação no jogo de ontem (11), no Lindolfo Monteiro, tinha de ser comandada pelo treinador, que no intervalo da partida tomou as rédeas da situação. 

- Nós tomamos um gol no começo. A equipe não se abalou. Eu disse dentro do vestiário que nós não perderíamos o jogo. Tive peito de fazer a substituição que tinha de fazer, tirar volante e botar atacante, e conseguimos aquilo que nós merecíamos. 

Foram duas mudanças só no intervalo: troca nas laterais e no meio do campo. O equilíbrio no domínio de bola não se converteu em gol, e então o Zangão ficou com um atacante a mais. E a virada veio nos últimos 10 minutos de partida. Que jogo!

- Foi um jogo bom, o time do Flamengo é muito bom. E foi nos detalhes, ganhou aquele que teve mais paciência para jogar. Mas o Flamengo está de parabéns pelo time que foi montado: grandes homens, grandes jogadores. Tinha de sair um vencedor e felizmente fomos nós. Da mesma maneira que nós ganhamos eles poderiam ter perdido e eu ia bater palmas para eles.