Cidadeverde.com

Altos 0x0 Bahia - classificação fica distante a cada empate

Foto: Eduardo Frota

Altos empatou um jogo que era admissível empatar na Copa do Nordeste. O confronto sem gols com o Bahia no Lindolfo Monteiro não é coisa do fim do mundo. 

Avançar no torneio se torna missão difícil pelos pontos que o Jacaré perdeu nas rodadas anteriores. As bolas na trave contra o Moto Club e as chances desperdiçadas ante o Fortaleza poderão ser lamentadas lá na frente. 

Passado é passado e Altos precisa fazer o seu futuro. Terá jogos fora de casa contra Bahia e Fortaleza. Vencer ao menos uma dessas duas partidas é importante para seguir vivo no Nordestão. 

Se depender do goleiro Alex Alves, o técnico Francisco Diá pode dormir tranquilo. Gol o time não vai tomar. Hoje ele fez grandes defesas e quando não fechou o gol a trave ajudou. É bom ele andar com um punhado de grama do Lindolfinho no bolso pra sempre carregar com ele essa sorte. 

Diá mandou a campo o time que eliminou o CRB da Copa do Brasil no meio de semana. Acreditou no poderio ofensivo da sua equipe. Contudo, desde o início o Bahia mostrou que não é o time alagoano. 

A atuação dos baianos e o rendimento abaixo do que o treinador do Altos esperava fizeram Diá iniciar as substituições ainda no primeiro tempo. 

As investidas do tricolor baiano diminuíram no segundo tempo, mas ainda assim o Altos não teve a força ofensiva de outras partidas. 

A grande chance do Jacaré foi na arrancada de Manoel, aos 32 minutos da etapa final. Como bem descreveu meu amigo Francisco Filho, da rádio Antares, o lateral Eduardo trocou o gol do Altos pela sua expulsão. O time piauiense desperdiçou não só a cobrança de falta, como a vantagem de ter um jogador a mais no resto da partida. 

Altos já está no "Grupo da Morte" com dois grandes clubes do Nordeste, em uma chave que no máximo passam dois para a próxima fase, mas que só terá um classificado se o equilíbrio continuar. O Grupo B é o único do torneio com seis jogos e quatro empates. Naturalmente, os times dessa chave somarão menos pontos que as demais. E passar para as quartas-de-final como um dos melhores vice-líderes se torna improvável. 

Ao Jacaré, o empate entre Fortaleza e Moto Club seria uma boa, mas os cearenses venceram por 3 a 2 e assumiram a liderança. 

Vencer Bahia e Fortaleza fora de casa será missão ou mais difícil que ter empatado com os dois no Piauí. Agora é treinar, estudar estratégias e rezar para São José.