Cidadeverde.com

Mudança cria pré-Copa do Nordeste e garante de vez Piauí no torneio

Após dois dias de reuniões, dirigentes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), presidentes de federações e representantes da Liga do Nordeste e do canal Esporte Interativo bateram o martelo sobre as mudanças para a Copa do Nordeste 2018.

O torneio do ano que vem terá duas fases: a primeira será uma pré-Copa com oito equipes. Quatro delas se classificam para a fase de grupos, que contará com os nove campeões estaduais e outros três representantes de Bahia, Ceará e Pernambuco.

As oito equipes da pré-Copa do Nordeste serão os vice-campeões de Piauí, Maranhão, Alagoas, Sergipe, Paraíba e Rio Grande do Norte, além dos terceiros colocados de Bahia e Pernambuco. A fase será disputada em mata-mata definido por sorteio: quatro confrontos com ida e volta e quem vencer avança.

As mudanças foram confirmadas ao Cidadeverde.com pelo presidente da Federação de Futebol do Piauí, Cesarino Oliveira, que participou das reuniões. O dirigente explicou que, com as mudanças, a permanência de Piauí e Maranhão no torneio está garantida - o que só estava assegurado até a edição deste ano.

Todos os times participantes também terão cota de participação, sendo que os clubes da pré-Copa do Nordeste receberão nesta fase 40% do valor total destinado para as equipes da fase de grupos. 

Cesarino Oliveira disse que o formato de 20 clubes estava estrangulando os campeonatos estaduais. Mas quem participou das reuniões também alegou preocupação com a qualidade técnica do torneio.

O dirigente piauiense não confirmou a informação de que em 2019 as vagas da pré-Copa do Nordeste e dos segundos representantes de Bahia, Ceará e Pernambuco – estados com melhor posição no ranking nacional de federações – seriam definidas pelo ranking nacional de clubes. Cesarino Oliveira informou que isso foi ventilado nas reuniões, mas tiraria a importância dos campeonatos estaduais.