Cidadeverde.com

River 2x0 Piauí - o futebol não apagou com os refletores

  • riv_pec-34.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-33.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-32.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-31.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-30.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-29.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-28.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-27.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-26.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-25.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-24.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-23.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-22.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-21.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-20.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-19.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-18.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-17.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-16.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-15.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-14.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-13.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-12.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-11.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-10.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-9.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-8.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-7.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-6.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-5.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-4.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-3.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-2.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.
  • riv_pec-1.jpg Foto: Victor Costa/River A.C.

O River entrou apagado. E depois o Lindolfo Monteiro apagou também. 

O ideal era que o Campeonato Piauiense não contasse com episódios como a falta de energia registrada ontem. Uma hora de partida suspensa com refletores apagados. E não é novidade. 

E com o apagar das luzes, o Testinha apagou também. Acusou o lateral Wesley, do River, de acertar um soco no lado esquerdo do seu pescoço. O jogador do Piauí levou preocupação por passar muito tempo sendo atendido no gramado. Não conseguiu voltar para a partida. 

Na retomada do jogo, luzes ligadas, Wesley expulso pelo árbitro. E o River, com um a menos, melhorou. 

Na primeira chance de gol tricolor, Viola faz um belo drible e o chute desvia no zagueiro: 1 a 0. 

Na segunda chance de gol, a bola lançada na cobrança de lateral passa por dois jogadores do rubroanil e encontra Tety sozinho: 2 a 0. 

O ataque do River continua certeiro, fulminante. Tal qual o soco que o Wesley teria dado no Testinha - e quase ninguém viu por conta da escuridão. 

É triste, porque a partida teve bons lances. Além dos gols, uma bola na trave para cada lado no segundo tempo - período no qual o Piauí se reorganizou em campo para tentar controlar as investidas do Galo. 

Mas temos de falar também de escuridão, agressão... 

Não sabemos se houve alguma provocação que explique a agressão ao Testinha, mas se isso se explica, não se justifica. 

A manutenção das nossas praças esportivas continua a desejar. Isso sem contar o ginásio Verdão, cuja reforma parece não acabar nunca. 

O Piauí precisa ter pontaria para acertar nas soluções dos problemas do esporte para evitar que o brilho do espetáculo se apague.