Cidadeverde.com

'Tem dia que é noite': Viola lamenta revés e trocaria artilharia por vitória do River

Foto: Victor Costa / River AC

O River disputou oito jogos na temporada e Viola já fez sete gols. A boa fase é de encher os olhos

Foram três gols em três jogos no Campeonato Piauiense, que fazem Viola dividir a artilharia do torneio com Eduardo, do Flamengo, e Ted Love, do 4 de Julho. 

Na Copa do Nordeste, já são quatro gols: dois contra a Juazeirense e dois contra o Sport - sendo um em cada confronto. Viola é artilheiro isolado do Nordestão. 

Agora, de que adianta fazer gol e se isolar na artilharia se o time dele perdeu a partida? O próprio Viola é quem diz:

- Você individual sem o grupo, você não é nada. Claro que eu fico feliz por estar numa ascenção a cada jogo. Mas hoje eu trocaria os gols da Copa do Nordeste pela liderança do grupo. 

Foto: Fábio Lima/Cidade Verde

Viola marcou no 2 a 1 e avaliou a derrota riverina como um bom jogo do time contra uma grande equipe, em uma noite na qual as coisas não saíram como os tricolores imaginavam e tentavam fazer. 

- Eles vieram duas vezes no nosso gol e fizeram dois gols. A gente voltou no segundo tempo imprimindo o ritmo, conseguimos fazer um gol. Errei um chute alí que não costumo errar. Alí eu ainda falo que é meu ponto forte. A bola não fez a curva, mas a gente fala que tem dia que é noite, né?

O foco de Viola agora está no Rivengo do próximo domingo (5), pelo Campeonato Piauiense, e no jogo decisivo contra o Sampaio Corrêa (MA), pela Copa do Nordeste, dia 11 de março. Do confronto com o Sport, o artilheiro leva a lição:

- A gente sabe que a gente jogou bem, fez um bom trabalho. A gente marcou, respeitou, mas acima de tudo a gente jogou. A gente mostrou que temos um time muito bom com qualidade tanto para marcar como para jogar como para marcar.