Cidadeverde.com

Sarah Menezes obtém melhor resultado após mudança de categoria

Mayorova Marina/IJF

Sarah Menezes na luta de estreia no Azerbaijão

Em Baku, Azerbaijão, Sarah Menezes disputou um torneio esvaziado de japonesas e coreanas, com 13 judocas em sua categoria. Cenário perfeito para continuar a evoluir entre as meio-leve (até 52kg) sem a pressão de enfrentar as melhores do ranking mundial. 

Na manhã desta sexta-feira (10), a piauiense fez quatro lutas e teve seu melhor resultado desde quando deixou a categoria ligeiro (48kg). Bom não só pelo quinto lugar, mas porque Sarah Menezes repetiu o desempenho positivo do Grand Slam de Paris, em fevereiro - ainda que tenha sofrido com a envergadura e força das adversárias.

Como qualquer período de transição, nada foi fácil. As duas primeiras lutas foram para o Golden Score. 

Veja como foi a transmissão em tempo real das lutas

Ao invés dos quatro minutos regulamentares, Sarah levou quase cinco minutos para conseguir um wazari contra Nazakat Azizova, do Azerbaijão. 

Em seguida, nas quartas-de-final, foram quase oito minutos de luta, até Karolina Pienkwoska, da Polônia, sofrer sua terceira punição e ser eliminada. Uma vitória sobre a campeã do Grand Prix de Zagreb 2016 e a campeã europeia Sub-23 de 2015.

Na semifinal, foi a vez de Sarah Menezes levar três punições e perder a luta para Alexandra-Larisa Florian, da Romênia, que veio a ser campeã do torneio. 

Restou brigar pelo bronze. Mas Sarah Menezes não conseguiu se impor contra a eslovena Anja Stangar e foi derrotada com um wazari.

Foi mais um bom teste. E, ao que parece, Sarah Menezes e a comissão técnica já sabem o que é preciso melhorar: treinar para ficar mais forte e traçar estratégias para superar a menor estatura da piauiense em relação a algumas de suas adversárias. Do contrário, talvez a opção seja sacrificar a judoca em uma dieta regrada para se manter quatro quilos abaixo do seu peso.