Cidadeverde.com

Delta Rugby corre em busca de apoio para seguir no circuito nacional

Foto: João Pires/FOTOJUMP

Depois de jogar pelo Delta, Patrícia foi a primeira piauiense convocada para a seleção brasileira

Depois de dois anos com boas campanhas no Circuito Brasileiro de Sevens Feminino, o Delta Rugby corre contra o tempo para não ficar de fora do torneio em 2017. O time piauiense precisa disputar o qualificatório em Florianópolis (SC), nos dias 25 e 26 de março, e ficar entre as quatro melhores equipes do evento. Além disso, a equipe precisa conseguir viajar: faltam recursos para as passagens.

Nas suas participações no circuito, o Delta Rugby ficou em sexto lugar em 2015 e com a quinta posição em 2016. Apenas os quatro melhores do ano passado garantiram vaga no evento deste ano sem precisarem disputar o qualificatório. 

Para a disputa em Florianópolis, a delegação piauiense precisa de 13 passagens aéreas, ao custo estimado de R$ 10 mil. As outras despesas de viagem estão asseguradas. 

O torneio na capital catarinense conta com 12 equipes inscritas de 10 estados e chaves já definidas. O Delta está no Grupo A, com Leoas de Paraisópolis (SP), Rugby USP (SP) e Serra (RS).

O Delta Rugby revelou Patrícia Carvalho, piauiense convocada para a seleção brasileira em 2015 e 2016, e contou com outras três atletas chamadas para o selecionado nacional: a pernambucana Patrícia Bodeman, no ano passado, e a piauiense Addalucia Nascimento e a maranhense Rafaele Leone, chamadas em fevereiro deste ano e treinando com a seleção até agora. 

O técnico do time, Carlos Marvel, teme que os bons resultados dos últimos anos sejam interrompidos com a ausência do Delta Rugby do Circuito. Quem puder ajudar deve entrar em contato com o treinador no telefone (86) 99493 7574.