Cidadeverde.com

Natação piauiense começa ano com quebra de recordes no Troféu FPDA

  • nat13.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat14.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat15.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat16.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat17.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat18.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat19.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat20.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat21.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat9.jpg Caio quebrou dois recordes individuais e um do revezamento
    Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat10.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat11.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat12.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat1.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat2.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat3.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat4.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat5.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat6.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat7.jpg Fábio Lima/Cidade Verde
  • nat8.jpg Fábio Lima/Cidade Verde

Atualizada às 20h11

Cerca de 100 atletas particparam na manhã deste domingo (26) do Troféu FPDA 2017 - Federalção Piauiense de Desportos Aquáticos, a primeira competição do ano da natação piauiense. Apesar desse ter sido apenas o início da temporada, 11 recordes estaduais foram quebrados na piscina do Círculo Militar de Teresina. 

Veja os resultados do torneio

A maior recordista do dia foi Fernanda Visgueira, da AABB, que quebrou três recordes individuais (50m livre, 50m peito e 100m peito júnior) e ainda ajudou a equipe do revezamento 4x50m misto a estabelecer a nova marca da prova. 

Entre os destaques do dia também está o nadador Caio Silvestre, da AABB, novo recordista nos 50m e 100m peito júnior. Ele também integrou a equipe que bateu o recorde do revezamento - a equipe contou também com Maria Eduarda Borges e Carlos Eduardo Nascimento. 

"Não esperava ter um resultado tão bom por ser a primeira competição do ano. Mas eu vinha nadando muito bem na semana e meu treinador me fez acreditar que seria possível", declarou Caio Silvestre. 

Outro recorde foi quebrado por Hartamos Cronemberger, nos 50m livre júnior. E ele encarou o torneio de hoje como aquecimento. "Na verdade foi só um teste, não estamos na nossa melhor forma, não estamos polidos", disse.

O resultado mais marcante, no entanto, foi o ouro de Victória Sônia Costa nos 100 metros peito juvenil. Com 01:23.55, a nadadora do Círculo Militar superou a marca de Reigiane Silva, detentora do recorde desde 2002 (01:24.41)

Também quebraram recordes Carlos Eduardo Nascimento (50m borboleta júnior), Ketley Cindy Carvalho (100m livre mirim) e Camila Macedo (50m borboleta júnior). 
 
Irmã de peixe
Na companhia de Hartamos, estava sua irmã, a pequena Klívia, de apenas oito anos. Ela ficou com a prata nos 50m livre mirim. "Eu fiquei muito feliz e emocionada", declarou a garotinha, em sua primeira entrevista como nadadora. 
 
Resultado geral
Apesar da AABB ter dominado entre os recordistas, o Círculo Militar de Teresina (CMT) ficou com o título geral da competição, com 579 pontos, seguido pela ABBB, com 504, USMT, com 379, Eldorado, com 137, e Rone, com 33 pontos.