Cidadeverde.com

Em voo movido a otimismo, River embarca para decisão na Bahia

Foto: River A.C.

Leandro: "não tem nada perdido"

Sem tempo para treinar alguma mudança antes do jogo da volta, o River tem o otimismo como seu maior trunfo contra o Vitória, no próximo sábado (1º), pelas quartas-de-final da Copa do Nordeste. O time embarcou na tarde desta quinta-feira (30), menos de 24 horas depois da derrota por 3 a 2 no Lindolfo Monteiro.

Precisando vencer por dois gols de diferença, o técnico Eduardo Hungaro prefere ver o confronto de outra forma. 

- Eles abriram uma vantagem na nossa casa e para mim foi jogado o primeiro tempo do jogo. Tá 3 a 2 pra eles. Nós vamos jogar um segundo tempo que não é de 45 minutos, é de 90 minutos. Por que não acreditar que a gente pode ir lá e virar esse placar?

Hungaro disse que o River precisa repetir o primeiro tempo do jogo de ontem, ser ousado e não ter medo de jogar. O treinador demonstrou confiança no elenco e voltou a valorizar os jogadores. 

- São meninos briosos, guerreiros e que vão dar tudo para trazer a classificação.

O goleiro Leandro, um dos responsáveis por impedir uma vitória ainda maior dos baianos, disse que o River precisa melhorar no conjunto, desde a marcação até aproveitar melhor as chances de gol. 

- Sabemos da desvantagem, mas não tem nada perdido. Procurar conversar, procurar tirar os erros que nós tivemos, tirar mais informações ainda da equipe deles, para que a gente possa chegar lá, fazer um grande jogo e buscar a classificação. 

O River embarcou para Salvador com 19 jogadores. O grupo dorme na capital baiana e faz um último treino na tarde de sexta-feira (31). O jogo está marcado para 16h de sábado.