Cidadeverde.com

Após eliminação do Flamengo-PI, Eduardo pode ter novo clube na Série D

Ao retornar para o Flamengo, Eduardo já sabia que sua passagem seria curta. O clube tinha apenas o Campeonato Piauiense para disputar. 

Mas era um desejo antigo, um sonho do seu já falecido pai. E o atacante começou 2017 no clube que o revelou. 

No sábado (29), esse capítulo terminou de um jeito que certamente Eduardo não esperava. 

Artilheiro do CampeonatO Piauiense em 2000 pelo Flamengo, Eduardo vestia a camisa rubro-negra no Albertão como fez no início da carreira. O técnico Nivaldo Lancuna, que naquele ano comandava o River, agora era seu treinador. 

O Flamengo precisava vencer o Parnahyba e torcia contra o Piauí no jogo com o 4 de Julho. Nenhum resultado favoreceu o rubro-negro. 

O campeão da Copa da França com o Ajaccio, em 2009, deixou o Albertão com uma página a ser virada em sua trajetória vitoriosa.

- A gente até fez uma equipe boa no começo da competição. (...) Tem que se organizar muito mais. São pequenos detalhes que pagam, nós estamos pagando por isso. 

O próximo capítulo da carreira de Eduardo pode começar ainda este ano. Enquanto a bola rolava, o nome do artilheiro era lembrado por dirigentes do Altos para a disputa da Série D do Brasileirão. Falta o convite chegar. 

- É uma possibilidade. Se realmente aparecer essa proposta e for boa pra mim, por que não?