Cidadeverde.com

Campeonato Piauiense pode não ter mais arbitragem local este ano

Fotos: Wilson Filho/Cidade Verde

Polêmica na final do 1º Turno foi apenas uma das que envolveu a arbitragem em 2017 

A Associação Atlética Altos está determinada a não contar com arbitragem local em seus próximos jogos no Campeonato Piauiense. E, com o torneio na reta final, se o Jacaré avançar para as próximas fases, a competição poderá não ter mais juízes e auxiliares do Piauí neste ano.

As feridas da final do 1º Turno contra o Parnahyba não foram cicatrizadas. Warton Lacerda, em reunião na terça-feira (2) para definição das semifinais do returno, ainda lembrava do gol mal anulado contra o Parnahyba, que impediu o Jacaré de levar a partida para a prorrogação. 

O presidente do Altos pediu que a Federação de Futebol do Piauí (FFP) buscasse árbitros de fora. A entidade afirmou que sem problema, mas os custos da viagem do quarteto que poderá trabalhar na partida ficam a cargo do clube. 


Warton Lacerda no dia da decisão do 1º Turno

O único porém para o Altos é realmente conseguir árbitros de fora disponíveis para o jogo de sexta-feira contra o 4 de Julho, pela semifinal do 2º Turno. Com os campeonatos estaduais na reta final, fica mais difícil trazer alguém no fim de semana para Teresina. 

Exceto por essa situação, Altos e 4 de Julho ainda poderá ter arbitragem local. Porém, no que depender da vontade do clube altoense, seus jogos no torneio não terão mais apitadores do Piauí.

Falando nisso, o Piauí Esporte Clube também analisa medida semelhante, mas o presidente Jacob Júnior espera saber dos custos para decidir se aceita bancar a despesa. 

Como restam apenas cinco jogos para o fim do Campeonato Piauiense, é possível que não tenhamos mais arbitragem local no torneio deste ano. Antigamente, eram chamados árbitros de fora somente para a decisão do torneio. A solicitação para a semifinal mostra o tamanho da desconfiança e irritação com os erros deste ano, que resultaram na suspensão temporária de pelo menos dois juízes e um auxiliar. E é porque houve investimento em cursos e capacitação...

Ouça as entrevistas com Warton Lacerda, presidente do Altos, e Jacob Júnior, presidente do Piauí, concedidas para a rádio Cidade Verde, sobre as solicitações para contarem com arbitragem de fora do estado: