Cidadeverde.com

Piauí corre contra o tempo para ter treinador na semifinal

Foto: Fábio Lima/Cidade Verde

Macau no julgamento de ontem (4)

Com o técnico Fabiano Macau suspenso por 15 dias, por decisão de ontem (4) do Tribunal de Justiça Desportiva, o Piauí Esporte Clube corre contra o tempo para ter o treinador na partida de amanhã (6), contra o River, pela semifinal do 2º Turno do Campeonato Piauiense. 

O advogado Augusto César Chabloz tenta ainda hoje (5) um efeito suspensivo que favoreça Macau. Do contrário, não haverá tempo para que ele continue treinando o time em jogos do torneio, mesmo que o Piauí avance para as finais - a decisão do torneio será no próximo dia 17. 

Se for levado em conta que o pedido do relator do caso foi de 45 dias de suspensão, Macau ainda saiu no lucro. O treinador foi denunciado pela expulsão no empate em 1 a 1 com o River, no dia 16 de abril. A acusação é de que ele chutou a bola contra a arquibancada e, resolvado após ser expulso, precisou ser retirado pela Polícia Militar. 

Ainda assim, o Piauí considerou a pena alta. Em entrevista para a rádio Cidade Verde, Jacob Júnior, presidente do clube, e o advogado Augusto César Chabloz, garantiram que vão recorrer. 

Ouça as entrevistas do presidente e advogado do rubroanil:

 

O auxiliar Marcão pode ser o substituto de Macau caso o efeito suspensivo não seja concedido. 

Da mesma partida, foram denunciadas as expulsões de Dudu e Testinha, ambos livres para disputar a semifinal, e o próprio Piauí, pelo suposto "cai-cai" no fim do jogo - o clube foi absolvido da acusação.