Cidadeverde.com

Kobayashi: derrota do Altos em casa não pode virar 'monstro'

Foto: Fábio Lima/Cidade Verde

- Penso que o caminho não está totalmente errado. Não podemos colocar um monstro aí na frente.

A preocupação do técnico Paulinho Kobayashi após o jogo do último sábado (3) era pertinente. O Altos perdeu em casa para o Santos (AP), não havia mais o que se fazer: é pensar em frente. E no caminho, o 2 a 1 não pode ser um monstro a intimidar o Jacaré. 

Existem fatores para tornar a derrota um "monstro". O grupo foi criado e é bancado para subir para a Série C do Brasileirão. Perdeu para um time cuja folha, segundo o técnico Edson Porto, gira em torno de R$ 60 mil. Um Santos que foi ao gol do Altos em ataques iniciados com chutão... 

De imediato, a derrota foi um baque. O próprio presidente Warton Lacerda não quis conceder entrevista. Pediu desculpas ao recusar os microfones, pois poderia "falar m....". 

São fatores específicos do jogo, o que não quer dizer que o trabalho desandou de uma semana para a outra. Mas são problemas que precisam ser analisados com calma pelo próprio time, se este quer mesmo conquistar o acesso. 

A semana de treinos já começou. Altos terá uma longa viagem para o jogo de domingo (11), contra o mesmo Santos (AP), em Macapá. E longos dias antes do embarque, corrigindo os erros do jogo anterior. Erros que Kobayashi já identificou. Ouça na entrevista do treinador para a rádio Cidade Verde.