Cidadeverde.com

Novo presidente do River busca treinador e estuda Lucas Andrade como auxiliar

Foto: Glenda Uchôa/Rádio Cidade Verde

O novo presidente do River Atlético Clube, Genivaldo Campelo da Silva, 46 anos, vice-prefeito do município de Francinópolis, foi aclamado para o cargo na última terça-feria (14), mas já está trabalhando. Em entrevista no Acorda Piauí, da Rádio Cidade Verde, o dirigente falou sobre os desafios no tricolor e já busca nomes para o elenco e comissão técnica. 

Além de desmentir os rumores de que Zinho, ex-jogador e hoje comentarista, estaria a caminho do Galo, Genivaldo Campelo disse que o River trabalha para ter um elenco mais barato do que nas últimas temporadas. Para isso, busca um nome que tenha no currículo resultados montando elencos eficientes sem estourar a folha de pagamento. 

- O técnico está quase pré-acertado também. Segunda-feira a gente vai divulgar. 

O fato é que Lucas Andrade, efetivado após as saídas de Waldemar Lemos, Eduardo Hungaro e Celso Teixeira, não será o treinador do River para a temporada 2018. Depois de comandar o time na Copa Piauí, ele poderá continuar na comissão técnica como auxiliar, mas isso ainda não foi definido pela diretoria. 

- O Lucas tá entrando de férias esses dias. A gente vai botar em pauta a situação dele, se ele vai ajudar a comandar esses meninos, se ele vai ser auxiliar técnico. 

Genivaldo Campelo ainda aguarda a conclusão de levantamento das dívidas do River, mas garantiu que sua gestão terá os pés no chão em relação a gastos.

- Se a gente ganha R$ 1.000 eu não vou contratar um jogador de R$ 1.500. 

Ouça a entrevista na íntegra: