Cidadeverde.com

Em súmula, árbitro diz que expulsou Waldemar Lemos por "invadir o campo"

Denis Cavalcanti / TV Jornal

Durante a confusão no jogo Náutico 2x2 Altos, ontem (17), pela Copa do Nordeste, quem não estava no gramado - e até quem estava - ficou sem entender a razão da expulsão do técnico Waldemar Lemos, do time piauiense. 

No meio da confusão entre jogadores dos dois times, o treinador acabou punido pelo árbitro Denis Serafim, de Alagoas, e muitos se perguntaram o que Waldemar Lemos teria dito à equipe de arbitragem para ser excluído do jogo. 

A resposta é: nada. Pelo menos nada que tenha motivado a expulsão. É o que diz a súmula da partida

Tenho a impressão que o treinador foi expulso para não se expulsar os demais. Meio mundo de gente invadiu o campo na hora da confusão. Essas imagens do Jornal do Commercio (PE) mostram reservas dos dois times dentro do gramado. 

Menos mal que o técnico do Altos não foi punido por agressão verbal, o que poderia levar a Justiça Desportiva a ampliar sua pena. Lemos ficará de fora do jogo com o Bahia, no dia 30, em Teresina - e talvez fique apenas nisso. 

Já as outras expulsões, Rafael, do Náutico, foi excluído por dar um tapa em Everton. E Everton, do Altos, levou cartão vermelho porque teria revidado a agressão. Os dois não jogam na próxima rodada.