Cidadeverde.com

Bahia treina em Teresina e admite pressão por vitória sobre o Altos

  • baea-06.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • baea-05.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • baea-04.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • baea-03.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • baea-02.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde
  • baea-01.jpg Foto: Fábio Lima/Cidade Verde

O elenco do Bahia treinou, na tarde desta segunda-feira (29), no centro de treinamento do River Atlético Clube, zona Sul de Teresina (PI). 

A atividade foi aberta para a imprensa somente nos primeiros minutos. O tricolor baiano tenta fazer mistério antes de encarar o Altos, na noite desta terça-feira (30), pela Copa do Nordeste. 

Escalado para falar com a imprensa, o zagueiro Tiago admitiu que a derrota em casa na estreia do Nordestão, para o Botafogo (PB), aumenta a pressão sobre o Bahia para um bom resultado em Teresina. Para piorar, foram três jogos no Campeonato Baiano e apenas uma vitória até agora. 

- Uma equipe como o Bahia é uma equipe grande, que sempre quando entra em uma competição é para ser campeã. É claro que você perder o primeiro jogo em casa não é esperado. Essa pressão, a cada jogo em que não é alcançado o objetivo, ela aumenta. Mas a gente já está acostumado com isso e sabe que isso é normal e essas coisas a gente pode reverter dentro de campo. 

O capitão do time também comentou sobre a maratona de jogos do tricolor, que tem se alternado entre o Campeoanto Baiano e a Copa do Nordeste. 

- É impossível a gente jogar todos os jogos com a mesma equipe. São jogos a cada três dias. Devido a Copa do Mundo, a gente sabe que o calendário ficou apertado. Acho válido o rodízio.

Altos e Bahia entram em campo às 21h45 desta terça-feira, no estádio Albertão. Os donos da casa não jogam em Altos porque o estádio Felipe Raulino não atende a capacidade mínima de lugares exigida para a Copa do Nordeste - 1.800 quando era necessário no mínimo 5.000. A venda de ingressos começou nesta segunda-feira