Cidadeverde.com

Federação vai ao STJD e CBF pedir punição para árbitro de Parnahyba x Coritiba ao STJD

Foto: Wilson Filho/Cidade Verde

Parece que agora a parada ficou bem mais séria. 

Em entrevista ao Acorda Piauí desta sexta-feira (9), o presidente da Federação de Futebol do Piauí (FFP), Cesarino Oliveira, confirmou que a entidade irá protocolar queixa contra o árbitro André Luiz de Freitas Castro, que apitou o jogo Parnahyba 1x1 Coritiba, na quarta-feira (7), pela Copa do Brasil. 

O árbitro foi motivo da ira da torcida do Tubarão por dar 7 minutos de acréscimo no fim da partida - aos 52 minutos do segundo tempo o Coritiba empatou o jogo. 

Um documento será entregue para a Federação Goiana de Futebol (FGF) e Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A queixa também será formalizada no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A FFP sabe que não reverterá o resultado do jogo, mas espera uma punição ao apitador.  

Foto: Roberta Aline

- Eu acho que o respeito é bom e se faz necessário. E que nesse momento ele (árbitro) pegue uma punição. Essa punição ele vai sofrer no bolso, porque no momento que ele deixa de apitar, ele deixa de auferir resultados financeiros para ele. E que isso possa servir de alerta. 

Em súmula, André Castro alegou ter dado "acréscimos devido substituições, entrada da maca para retirada de atletas supostamente lesionados, reposição de bola e atendimento do goleiro do parnayba".

Cesarino Oliveira estava no Albertão e reprovou a conduta do árbitro. Na visão do dirigente, estava clara a confusão formada no lance anterior, no qual o Coritiba reclamava de um gol que não teria sido marcado - a transmissão oficial da partida reprisava o lance polêmico e perdeu o gol do Coritiba no momento seguinte. 

- ... E ele (árbitro) mandando o outro lado seguir o jogo (enquanto os outros reclamavam). Foi aonde aconteceu o escanteio e aonde aconteceu o gol. 

Ouça a entrevista na íntegra do quadro Cidade Esportiva desta sexta-feira (9):