Cidadeverde.com

Botafogo (PB) 1x0 Altos - o time que joga bem, mas não ganha

  • bota01.jpg Nádya Araújo/Botafogo-PB
  • bota02.jpg Nádya Araújo/Botafogo-PB
  • bota03.jpg Nádya Araújo/Botafogo-PB
  • bota04.jpg Nádya Araújo/Botafogo-PB
  • bota05.jpg Nádya Araújo/Botafogo-PB
  • bota06.jpg Nádya Araújo/Botafogo-PB
  • bota07.jpg Nádya Araújo/Botafogo-PB

Um 2 a 2 equilibrado com o Náutico, mas não seria injusto se o Altos tivesse vencido a partida. 

Um 2 a 0 justo para o Bahia, porque aproveitou as duas chances que teve. 

Um 1 a 0 para o Botafogo, que não jogou nada no primeiro tempo, mas melhorou na etapa final e fez o que o Altos não conseguiu enquanto esteve com o domínio da partida: mandar a bola pra rede. 

No ano passado, o time piauiense era aquele que só empatava: foram 4 empates em seis jogos - o Jacaré só veio vencer na última partida, quando já estava eliminado.

Em 2018, seria melhor se o Altos estivesse ao menos empatando. 

O pior é que nem dá para crucificar o time ou o trabalho do técnico Waldemar Lemos. O grupo é difícil e todo mundo já sabia. Talvez falte um pouco de sorte mesmo. 

Hoje, faltou finalização no primeiro tempo. O problema não foi chegar ao gol. O time piauiense chegava na grande área com bolas lançadas nas costas da zaga paraibana, sempre pega de surpresa e às vezes salva pelo bandeirinha. O Jacaré assustou, mas foi só isso. Problema não foi chegar, foi chegar e chutar para o gol. 

O técnico Leston Júnior inverteu o jogo no segundo tempo. Gideão salvou enquanto pode. 

A classificação inédita para a Copa do Nordeste parece mais distante. Mas ainda restam esperanças. Dia 12 de março, em Teresina, o Altos recebe o Botafogo. É a chance de dar o troco e seguir vivo no torneio. Pelo jogo de hoje, o Jacaré mostrou que tem condições. Só precisa transformar a expectativa gerada em gols.