Cidadeverde.com

Da lanterna à liderança: o que pode mudar na rodada dupla do Campeonato Piauiense

Fonte: FFP

A classificação amanheceu assim. Mas bastam os dois jogos deste sábado (23) para as posições no Campeonato Piauiense mudarem de lugar nas duas pontas da tabela. 

Dois jogos no estádio Albertão, rodada dupla que pode definir um novo líder e um novo lanterna da competição, no fechamento da primeira metade da fase classificatória. 

Às 16h, o lanterna Flamengo recebe o 4 de Julho. Os rubro-negros não sabem o que é sequer empatar no torneio. O time de Piripiri tem pelo menos dois empates. Mas basta ser derrotado para o Leão que já irá para o fim da fila. 

Em seguida, às 18h, o Piauí enfrenta o River. Invicto, o rubroanil só perde a liderança do campeonato se for derrotado pelo tricolor por dois gols de diferença. 

Ao fim do dia, poderemos ter River líder e 4 de Julho lanterna. Ou tudo fica como está. 

Vale lembrar que o Altos tem um jogo a menos, contra o Flamengo, que será disputado no meio da semana. Amanhã, o Jacaré recebe o Parnahyba, também no Albertão - porque choveu tanto no Felipão que até o Jacaré poderia se afogar. 

Foto: Fábio Lima/Cidade Verde

Semana movimentada
A semana que antecedeu a quinta rodada foi uma semana daquelas!

O Parnahyba perdeu Sérgio China para o Salgueiro (PE) e já anunciou Danilo Queiroz, mas o novo técnico só assumirá o time na segunda-feira. 

O Altos, por sua vez, demitiu Waldemar Lemos após a eliminação na Copa do Brasil. O time volta a ser comandado por Paulinho Kobayashi, que já deve estrear no domingo. 

O River perdeu o volante Amarildo para o futebol da Bolívia e contratou Sassá para o posto. 

No Flamengo, jogadores fizeram paralisação por conta de salários atrasados. 

Enquanto o 4 de Julho segue com o auxiliar Paulo Rossi como técnico interino em vias de ser efetivado. E sem o goleiro Naylson, que fraturou a perna no fim de semana e está fora do Estadual. 

No Piauí, parece que foi tudo tranquilo. Será se continuará assim?

Vai ser uma rodada daquelas que prometem fortes emoções.