Cidadeverde.com

Com nova derrota, Jorge Pinheiro já pensa em sair do Flamengo: "tenho um nome a zelar"

Foto: Fábio Lima/Cidadeverde.com

Após mais uma derrota no Campeonato Piauiense, a segunda sob seu comando, o técnico Jorge Pinheiro praticamente anunciou sua saída do Flamengo. Só não o fez ontem (24) porque aguarda uma conversa com a diretoria. 

Depois do 3 a 1 para o 4 de Julho, Jorge Pinheiro falou dos problemas enfrentados nos últimos dias, como a paralisação do time por atraso salarial e a ausência de jogadores já contratados que o Flamengo não conseguiu regularizar. 

- Acho que a torcida está tão envergonhada como eu nesses dois jogos. Eu tinha uma esperança muito grande de ser o ponto inicial dessa mudança. Infelizmente, não tive forças. Não tenho condições financeiras de ajudar nesse momento para fazer com que esses jogadores fiquem aptos. 

Pinheiro disse que os problemas afetam o time, que soma quatro derrotas em quatro jogos no Estadual. 

- O momento é difícil. A parte emocional desses meninos, eles estão sentindo a cobrança. 

Sinalizando sua saída, Jorge Pinheiro deixou até uma sugestão a ser apresentada para a diretoria do clube. 

- Se não fosse para contratar não precisava trazer um treinador de fora. Era manter o pessoal de casa pra economizar e fazer um trabalho a longo prazo. 

Mas na entrevista ficou claro que as chances do treinador continuar no Leão são pequenas. 

- Eu tenho meu nome a zelar, tenho a camisa do Flamengo, que eu respeito muito, mas para continuar dessa maneira fica muito complicado.