Cidadeverde.com

Tiradentes sofre goleada e perde a segunda seguida no Brasileirão Feminino

  • tira05.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • tira04.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • tira03.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • tira02.jpg Foto: Elziney Santos/FFP
  • tira01.jpg Foto: Elziney Santos/FFP

Com um segundo tempo atípico e apático, o Tiradentes perdeu a segunda partida seguida no Campeonato Brasileiro Feminino - Série A2. Na noite desta quarta-feira (2), a equipe piauiense foi goleada pelo Vitória (BA) por 5 a 0, em uma atuação para ser esquecida. 

O jogo começou com muitas faltas, a maioria feitas pelas jogadoras do Vitória. A arbitragem até demorou para começar a punir os lances com cartão. Mas depois que o primeiro amarelo subiu, as baianas saíram na frente. 

Aos 36 minutos do primeiro tempo, no contra-ataque do Vitória, Roqueline recebeu passe de Taiana, chutou cruzado e abriu o placar: 1 a 0. 

Na etapa final, as tigresas caíram de rendimento vertiginosamente. E no reinício do jogo, depois de acertar a trave, o Vitória conseguiu um pênalti. Taiana cobrou, aos 8 minutos, e converteu. 

Aos 16, um chute de fora da área transformou o resultado em goleada. Fabi marcou um belo gol: 3 a 0. 

O Tiradentes ainda ensaiou uma reação no contra-ataque de Vilma. A goleira do Vitória defendeu bem. 

Depois disso, o time piauiense foi só desânimo - que ficou evidente após o gol de Taiana, aos 25 minutos. Demorou para que alguém pegasse a bola para bater o centro e reiniciar a partida. 

Aos 40 minutos, para fechar a conta, Roqueline chutou na entrada da grande área e fez seu segundo gol na partida.

E olha que o Vitória ainda teve dois gols anulados pela arbitragem, um em cada tempo de jogo. Mas terminou mesmo 5 a 0. 

Foi a segunda derrota das tigresas no Grupo 15 do torneio - na semana passada, em Belém (PA), perderam por 3 a 0 para a ESMAC. 

Na próxima rodada, o Tiradentes vai tentar a reabilitação contra o Botafogo (PB), dia 9 de maio, também no Albertão. Mas é preciso que antes alguém dê uma reabilitada no futebol do time da Polícia Militar.