Cidadeverde.com

Suposta convocação da seleção circula nas redes sociais, mas assinatura não é de Tite

Já está em todas as redes sociais uma lista de supostos convocados do técnico Tite para a Copa do Mundo da Rússia. Esta é apenas a primeira de uma das várias relações falsas a circularem na internet até a próxima segunda-feira (14), quando a verdadeira convocação será anunciada oficialmente. 

O suposto documento apresenta 23 nomes que já foram convocados por Tite nos amistosos e eliminatórias da Copa. Mas contraria a forma de apresentação dos convocados feitas pelo treinador: o documento é impresso colorido e os nomes divididos por posição, enquanto a versão que circula nas redes sociais é em preto e branco e na ordem de numeração dos jogadores. Como se vê, não é preciso muito para duvidar da veracidade da lista e aqui no Cidadeverde.com nós suspeitamos logo cedo. 

Foto: CBF

Tudo bem que os números das camisas devem realmente ser apresentados para a Fifa antes da Copa, mas o problema da lista "vazada" nas redes sociais é outro: as rubricas ou assinaturas que deveriam ser um astestado de autenticidade, na verdade, depõem contra o suposto documento. 

Compare as assinaturas do técnico Tite e do coordenador Edu Gaspar com as do falso documento, que sequer apresenta um carimbo ou nome digitado para se tentar confirmar quem o assinou:

Reprodução/Twitter

O problema da "Fake News" não é exclusividade da seleção brasileira. O técnico do Marrocos, Herbé Renard, teve de publicar uma mensagem em suas redes sociais, na última segunda-feira (7), negando a veracidade de uma lista de convocados espalhada nas redes sociais. 

 

 

No Brasil, talvez a CBF se posicione quando uma nova versão falsa, que realmente gere dúvidas no torcedor, se espalhe na internet. 

Voltar Cidade Verde Amarela