Cidadeverde.com

Mesmo com virada heroica, Brasil fica com a prata no Pan Júnior de Badminton

Fabrício Farias perdeu o primeiro set para Victor Lu, do Canadá (21 a 19). 

Ficou em desvantagem mais uma vez no segundo set. Chegou a perder por 18 a 12. O canadense tentou administrar o resultado e esteve a dois pontos de vencer a partida. 

Mas o piauiense fez o improvável: tirou seis pontos de diferença, virou o placar, venceu o segundo set (21 a 19) e desmontou o adversário no tie-break: 2 sets a 1 (19-21; 21-19; 21-06).

Assim começou a disputa do título por equipes do Pan-Americano Júnior de Badminton, em Lauro de Freitas (BA), nesta sexta-feira (20). O resultado empolgante parecia um sinal de que o ouro estava próximo. Mas o Brasil bateu na trave. Deu trabalho ao Canadá, mas terminou com a prata. 

 

 

Na segunda partida, a piauiense Sania Lima não conseguiu superar Katie Ho-Shue na disputa de simples feminino e perdeu por 2 sets a 0 (14-21; 17-21). 

Nas duplas masculinas, o confronto foi mais equilibrado, e com vitória brasileira. William Guimaraes e Jonathan Mathias derrotaram Stanley Feng e Victor Lu por 2 a 0 (21-15; 22-20). 

Já nas duplas femininas, as canadenses deram o troco. Talia Ng e Wendy Zang derrotaram as piauienses Jaqueline Lima e Samia Lima por 2 a 0 (21-13; 21-15). 

A decisão ficou para o confronto de duplas mistas. Fabrício Farias voltou para a quadra ao lado de Jaqueline Lima. Do outro lado, Stanley Feng e Crystal Lai. Os piauienses fizeram um jogo equilibrado, mas acabaram derrotados por 2 a 0 (21-17; 21-18). 

Veja as cinco partidas na íntegra

O Canadá fechou a série em 3 a 2 e ficou com o título. O Brasil levou a prata e os Estados Unidos ficaram com o bronze. 

E o Pan Júnior não acabou. Na próxima semana, começam os confrontos individuais e de duplas, com mais medalhas em disputa. 

Veja a cerimônia de premiação