Cidadeverde.com

Goleiro piauiense pega pênalti e Botafogo (SP) sobe para a Série B do Brasileirão

Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo-SP

O goleiro piauiense Tiago Cardoso foi um dos heróis do Botafogo de Ribeirão Preto (SP), que garantiu, neste domingo (26), o acesso para a Série B do Brasileirão de 2019. 

No ano do seu centenário, o Pantera venceu o jogo de volta das quartas de final da Série C com o Botafogo (PB) por 1 a 0, com gol de Caio Dantas nos acréscimos. 

Como os paraibanos venceram o jogo de ida pelo mesmo placar, a decisão foi para os pênaltis. E na última cobrança, Tiago Cardoso defendeu. 

Marcos Aurélio, do time paraibano, já havia cobrado um pênalti no jogo de ida - e Tiago Cardoso defendeu e o chute e o rebote. Os dois se reencontraram na decisão por pênaltis - e o piauiense levou a melhor, defendendo de novo. 

Tiago Cardoso é ídolo no Santa Cruz (PE), com o qual obteve acesso para todas as divisões do futebol nacional. O goleiro também defendeu o Náutico antes de chegar ao Pantera. 

O Botafogo (SP) foi campeão brasileiro da Série D em 2015, vencendo o River no jogo de ida da decisão e empatando a partida de volta, em Teresina (PI). 

O time paulista permaneceu na Série C por três anos até conseguirem o acesso. O piauiense foi rebaixados no ano seguinte. 

Quem sobe
Em Ponta Grossa (PR), o Operário venceu o Santa Cruz por 3 a 0 e se classificou. Os pernambucanos haviam vencido o jogo de ida por 1 a 0 e acabaram perdendo no placar agregado (3 a 1). O atacante piauiense Augusto entrou em campo no segundo tempo, quando seu time já perdia por 1 a 0 - resultado que levava a disputa para os pênaltis. 

Em Pernambuco, Náutico e Bragantino empataram em 1 a 1. Os paulistas voltam para a Série B porque venceram o jogo de ida por 3 a 1. 

Na segunda-feira (27), o Atlético (AC) recebe o Cuiabá (MT), que venceu a partida de ida por 2 a 0.