Cidadeverde.com

Sem Sarah Menezes, Brasil estreia no Mundial de Judô fora do pódio

Foto: Rafal Burza/CBJ

Titular na categoria de Sarah Menezes, Gabriela Chibana foi eliminada na segunda luta

 

No primeiro dia do Mundial de Judô, em Baku, no Azerbaijão, o Brasil ficou sem medalhas na disputa da categoria ligeiro (até 48kg para mulheres e até 60kg para homens). 

É o primeiro campeonato mundial sem a presença de Sarah Menezes desde 2009. A judoca piauiense competiu no ano passado na categoria meio-leve (-52kg), mas decidiu voltar para os ligeiros. Com isso, perdeu pontos no ranking mundial e terá se batalhar para recuperar a titularidade na seleção brasileira. 

A substituta de Sarah, Gabriela Chibana, venceu na estreia a sul-africana Geronay Whitebooi, mas foi derrotada na luta seguinte pela cazaque Otgontsetseg Galbadrakh. 

Também entre os homens, Phelipe Pelim foi eliminado na estreia por Francis Garrigos, da Espanha. Já Eric Takabatake chegou até as quartas de final, mas parou na repescagem, terminando o torneio na sétima posição. 

Pedreira para Sarah Menezes
Além de reconquistar a titularidade na seleção brasileira, Sarah Menezes terá uma nova pedreira no cenário internacional. A ucraniana Daria Bilodid, de apenas 17 anos, é a nova campeã mundial da categoria ligeiro. A revelação do judô é á mesma que eliminou a piauiense no Grand Slam de Paris, em fevereiro deste ano.