Cidadeverde.com

Adriana marca e Corinthians sai na frente na final do Brasileirão Feminino

Foto: Bruno Teixeira

Um gol de a piauiense Adriana, de cabeça, no fim do primeiro tempo, garantiu ao Corinthians a vitória sobre o Rio Preto (SP), fora de casa, no jogo de ida das finais do Brasileirão de Futebol Feminino. 

O 1 a 0 deste sábado (20) deixa o Timão em vantagem para o jogo de volta. Um empate na próxima sexta-feira (26) dá o título para o Corinthians. O Rio Preto precisa vencer por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis - ou diferença maior para ser campeão no tempo normal. 

A rede só balançou nos acréscimos da etapa inicial. E Adriana foi protagonista de toda a jogada. Ela venceu a disputa de bola no meio do campo, cruzou para o lado esquerdo e subiu para a grande área. Aos 46 minutos, a piauiense estava perto da pequena área e subiu de cabeça para marcar o gol. 

O time do Rio Preto reclamou de impedimento de Adriana no lance. E é preciso admitir, pelo bem do bom jornalismo, que a posição era duvidosa - no mínimo. 

Adriana chega aos 13 gols no Brasileirão Feminino  e se isola na vice-artilharia do torneio. Com mais três, ela assumirá o posto de maior goleadora da competição.