Cidadeverde.com

Sarah Menezes cai nas oitavas de final do Grand Prix da Holanda

Reprodução/IJF

Atualizada às 16h10

Depois de vencer a luta de estreia, a campeã olímpica Sarah Menezes foi eliminada nas oitavas de final do Grand Prix de Haia, na Holanda, nesta sexta-feira (16). 

No primeiro confronto do dia, Sarah Menezes superou a norte-americana Ashley White. 

A luta seguinte só foi definida no golden score, período para desempate, no qual termina vencedor quem marcar o primeiro ponto. Depois de 4 minutos cronometrados de tempo normal e outros 3 minutos extras, a ucraniana Maryna Cherniak conseguiu um golpe e eliminou a piauiense. 

Veja a luta:

 

Mais tarde, a ucraniana Cherniak ficou com a medalha de ouro, após vencer a chinesa Yao Xiong. As medalhas de bronze ficaram com Aya Sakagami, do Japão, e Distria Krasniwi, do Kosovo.

Outros brasileiros

Eleudis Valentim (52kg) foi a única brasileira a subir no pódio no primeiro dia de lutas em Haia, conquistando a medalha de prata. Além dela, quem chegou mais perto foi Felipe Kitadai (60kg), que terminou em quinto lugar. A competição continua neste fim de semana. 

Busta por titularidade

Foi a segunda competição de Sarah Menezes no circuito internacional após a cirurgia no cotovelo direito, em junho deste ano. No mês passado, a judoca ficou em quinto lugar no Grand Prix de Cancun, no México. 

Os resultados internacionais vão render pontos no ranking mundial. No entanto, esses não devem ser suficientes para que Sarah Menezes seja dispensada da seletiva nacional do projeto Tóquio 2020, marcada para 12 de dezembro, em Lauro de Freitas (BA). O torneio vai definir os titulares da seleção brasileira no próximo ano. 

A atleta do Flamengo (RJ) tenta recuperar a posição de titular da seleção brasileira de judô após voltar para a categoria ligeiro (48kg). No ano passado, a piauiense tentou subir de peso e competiu entre as meio-leves (52kg), mas não se adaptou bem e preferiu voltar ao peso antigo.