Cidadeverde.com

Federação se mobiliza para garantir estádios de Teresina na Copa do Brasil

Foto: Roberta Aline/Arquivo/Cidadeverde.com

 

A possibilidade de clubes de Série A do Brasileirão enfrentarem River e Altos na Copa do Brasil fez a Federação de Futebol do Piauí (FFP) ligar o alerta em relação aos estádios de Teresina (PI). 

Ontem (10), o presidente da FFP, Robert Brown, já se reuniu com o Corpo de Bombeiros. A intenção é tomar ciência das medidas necessárias para fazer com que o estádio Albertão tenha capacidade para um jogo de médio ou grande porte - e o que é possível fazer para se acelerar essa liberação. 

Hoje, o Albertão só está liberado para jogos com no máximo 5 mil torcedores - capacidade semelhante a do Lindolfo Monteiro - apesar de ter cerca de 40 mil lugares. E o Lindolfinho ainda depende de providências solicitadas pela Polícia Militar para ter seu uso liberado. 

O sorteio dos confrontos da Copa do Brasil, na próxima quinta-feira (13), pode colocar no caminho dos piauienses clubes como Corinthians, Santos, Vasco, Botafogo e Fluminense. São clubes que atraem bem mais que 5 mil torcedores quando jogam no Nordeste. 

Se o jogo tivesse de ser hoje, ou fazia com no máximo 5 mil pessoas, ou levava para outra cidade. 

Renato Berger, secretário de esportes de Teresina, falou para a Rádio Cidade Verde sobre as medidas em relação ao Lindolfo Monteiro e está confiante na liberação do estádio em janeiro. 

Paulo Martins, presidente da Fundação dos Esportes do Piauí (Fundespi), já falou para a TV Cidade Verde, há 15 dias, sobre a ampliação da capacidade do Albertão para 22 mil pessoas. 

O alerta está feito. A hora de resolver as pendências é agora. Depois, pode ser tarde. 

Ouça o comentário sobre o tema feito no Acorda Piauí desta terça-feira (11):