Cidadeverde.com

Altos quer enfrentar o Santos no estádio Felipão

Fotos: Catarina Malheiros/Cidadeverde.com

Atualizada às 15h57

Esse assunto vai render... 

Em entrevista na Rádio Cidade Verde, nesta sexta-feira (13), o presidente da Associação Atlética de Altos, Warton Lacerda, confirmou que deseja realizar o jogo do Jacaré pela Copa do Brasil de 2019 no estádio Felipe Raulino, em Altos. 

- O meu objetivo é Altos. Altos, com certeza. Até porque o Santos não tem uma grande torcida em Teresina. 

Entre as alegações do dirigente está a limitação de capacidades dos maiores estádios do Piauí - Lindolfo Monteiro e Albertão, ambos em Teresina e autorizados para uso de no máximo 5 mil assentos. 

Além disso, Warton Lacerda declarou que o Santos não passa por bom momento e dificilmente atrairia mais torcedores do que o Felipão pode comportar - estimado em cerca de 4 mil, mas o último laudo do estádio permite público de 2.800 pessoas. 

- Teresina só está liberado para 5 mil pessoas. Eu acho praticamente impossível se colocar 5 mil pessoas contra o Santos no Albertão, tendo em vista que o Santos também não passa por uma boa fase, não tem um bom elenco, então não tem nenhuma atração para o torcedor que não seja santista. Eu vou trabalhar para o jogo acontecer em Altos. 

Ouça a entrevista na íntegra:

Enquanto Warton Lacerda falava por telefone na Rádio, a TV Cidade Verde entrevistava o superintendente da Federação de Futebol do Piauí, Daniel Araújo. Ele disse que a entidade trabalha com a expectativa de realizar no Albertão não só River x Fluminense, mas também Altos x Santos. 

Antes mesmo do sorteio da Copa do Brasil, realizado ontem (13), a FFP já trabalhava em busca dos órgãos competentes, no aguardo da ampliação da capacidade de uso do Albertão - que em tese pode receber 40 mil torcedores, mas depende do cumprimento de exigências do Corpo de Bombeiros. A Fundação dos Esportes do Piauí (Fundespi), gestora do estádio, pretende obter liberação para 20 mil lugares. 

O mando de campo, no entanto, é do Altos. Inclusive, na Copa do Brasil deste ano, o clube realizou no Felipão o jogo com o Atlético (GO), pela primeira fase do torneio, depois de atender exigências feitas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 

O Atlético Goianiense, com todo respeito ao clube, não tem o peso do Santos. 

Aguardemos cenas dos próximos capítulos. 

Passar de fase
O desejo do Altos antes mesmo do sorteio era ter melhorar seu desempenho na Copa do Brasil. Nas duas últimas edições, o Jacaré caiu na segunda fase - nos pênaltis contra o Criciúma e com um gol no fim do jogo ante o Bragantino. 

O sonho da diretoria era enfrentar um time de menor peso no futebol nacional e trilhar uma campanha inédita. O adversário não é o desejado, mas a meta está mantida, segundo o presidente. 

- Na verdade, não era o que a gente esperava. Em se tratando do Altos, nós caímos em um pote que não era o que a gente desejava. Mas isso aconteceu até pelo Altos ter subido no ranking. (...) Mas, paciência. Nós temos que preparar o time, estamos com quase 15 dias de trabalho. O professor Leandro Campos já está montando o time. Agora é focar primeiro na estreia da Copa do Nordeste e depois pensar no Santos. 

A Copa do Brasil começa no dia 6 de fevereiro. O Altos estreia na Copa do Nordeste no dia 16 de janeiro, contra o Moto Club, em São Luís (MA). No Campeonato Piauiense, a estreia será em casa, dia 20 de janeiro, contra o 4 de Julho.