Cidadeverde.com

Em alta no Piauí, futebol feminino pode ter novo torneio em 2019

Fotos: Fábio Lima/Cidadeverde.com

Sucesso de Júlia Beatriz na seleção sub-17 pode fazer surgir novo torneio nessa faixa etária

Três jogadoras em seleções brasileiras, sendo duas em copas do mundo e a terceira eleita a melhor do país em 2018. 

O futebol feminino do Piauí está em alta e mudou até a forma como o presidente da FFP, Robert Brown, é recebido na Confederção Brasileira de Futebol (CBF). 

- Até lá no Rio (de Janeiro) o pessoal falava com a gente, que o Piauí tinha essa porção de garotas jogando na seleção.

O sucesso das atacantes Júlia Beatriz (Sub-17), Valéria (Sub-20) e Adriana (seleção principal) faz até a Federação de futebol do Piauí pensar em formas de reforçar o futebol feminino no próximo ano. 

Uma das medidas pode ser o surgimento de uma competição de base, para revelar novas garotas. O torneio ainda não consta no calendário da FFP, que já confirmou a realização dos inéditos Sub-13 e Sub-15 no masculino. 

- É intenção nossa também já no próximo ano a gente ver a possibilidade de fazer um Sub-17 das meninas. 

Robert Brown também já manteve conversas com a diretoria da Sociedade Esportivas Tiradentes, para que a FFP possa dar uma ajuda maior ao time em competições nacionais. 

- A gente já teve uma conversa com a diretoria do Tiradentes e a Federação se prontificou a junto com eles dar uma ajudada na disputa do Campeonato Brasileiro, para o Tiradentes dar uma chegada maior. Estamos interessados porque o futebol feminino também é importante. 

Neste domingo (16), Tiradentes e Teresina disputam o título da Copa Piauí, às 16h, no estádio Albertão. O campeão garante o direito de representar o Piauí no Campeonato Brasileiro da Série A2, torneio que revelou Valéria, Adriana e Júlia Beatriz para o Brasil.

Foto: Arquivo Pessoal