Cidadeverde.com

Com aval de Renato Gaúcho, Rômulo pode se reencontrar no Grêmio

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

- Eu dificilmente não recupero. Posso falar até que é impossível eu não recuperar um jogador. Desde que ele queira.
Renato Gaúcho, treinador do Grêmio

A frase é de agosto de 2017, mas se aplica bem ao que tem ocorrido no Grêmio nos últimos anos. E pode ser um ponto importante para o volante piauiense Rômulo em 2019. 

Luís Henrique Benfica, do jornal Zero Hora (RS), apurou que o treinador já teria dado aval para a contratação do jogador. Vários veículos noticiam que o volante será emprestado pelo Flamengo (RJ) por um ano, com parte do seu salário sendo paga pelo rubro-negro. 

A se confirmar tudo isso, poderemos até sonhar com Rômulo cogitando uma vaga na seleção brasileira - algo distante de se imaginar pelo que se passou nos últimos dois anos. 

Contratado como reforço de peso junto ao Spartak Moscou, da Rússia, Rômulo sofreu com lesões e perdeu espaço no rubro-negro. Quando teve oportunidades, não convenceu e virou alvo de críticas da torcida.  

Se Renato Gaúcho tivesse aceitado treinar o Flamengo, talvez Rômulo fosse mantido. Mas no cenário atual, não há clima para sua permanência.

Foto: Gilvan de Sousa/Flamengo
 

Nas mãos de Renato Portaluppi, o piauiense pode ser mais um a engrossar a lista de atletas que chegaram ao Grêmio em baixa e ganharam destaque no time. 

Maicon (ex-São Paulo), Léo Moura (ex-Santa Cruz), Bruno Cortês (que veio do futebol japonês) e Jael (ex-Joinville) são alguns dos nomes que estavam em baixa no mercado da bola, mas ganharam outro status após serem comandados por Renato Gaúcho. 

A credibilidade do treinador para recuperar jogadores é tão alta que o nome de Adriano foi cogitado para o Grêmio no final do ano passado, mas o plano de trazer o Imperador não foi adiante. 

Mas uma ressalva nisso tudo é necessária. A frase do início deste texto foi dita por Renato Gaúcho ao falar do equatoriano Bolaños, que não se adaptou em Porto Alegre (RS) e acabou deixando o Grêmio. 

Torço muito para que Rômulo se dê bem em Porto Alegre.