Cidadeverde.com

Crislan revela desejo de seguir no futebol japonês e quer antecipar volta aos gramados

Fotos: Catarina Malheiros/Cidadeverde.com

Com contrato com o Braga até metade de 2020, o atacante piauiense Crislan quer permanecer no futebol japonês. O desejo foi transmitido a seu empresário, que cuida da renovação do seu contrato com o Shimizu S-Pulse - o empréstimo de um ano feito pelo clube português termina em janeiro de 2019. 

Ao Cidadeverde.com, Crislan revelou que já tinha propostas de outros clubes no futebol japonês e aguarda o desfecho das negociações para permanecer no país asiático em 2019. 

- A gente está tratando dessa situação. O cara que agencia tudo já se encontra no Japão para tratar da prorrogação de contrato, porque tem de acontecer depois que o atleta se machuca. (...) Mas já deixei claro ao clube que detém meus direitos, que é o Braga, que eu gostaria de permanecer no Japão, onde eu me adaptei bem ao futebol e estou me sentindo muito bem. 

Crislan estava em sua segunda temporada no país asiático quando sofreu a ruptura do ligamento do joelho direito, no final de outubro. Operado em São Paulo, ele passa as festas de fim de ano no Piauí, mas mantém o trabalho de fisioterapia.

A intenção do jogador é conseguir antecipar o seu retorno ao futebol, estimado inicialmente em sete a oito meses. Em janeiro, Crislan continuará o trabalho de fisioterapia no Corinthians, em São Paulo, para depois regressar ao Japão. 

- Em abril ou maio já quero viajar, ou até antes mesmo, para poder terminar meu tempo de recuperação no Japão ou em Portugal, para dar início a essa temporada de 2019. 

Por conta do vínculo com o Braga, o jogador ainda não sabe se concluirá sua recuperação em Portugal ou no Japão.