Cidadeverde.com

A história do bancário que saiu do banco (de reservas) e virou herói do jogo no Flamengo do Piauí

Fotos: Fábio Lima/Cidadeverde.com

É muito comum um jogador sair do banco para marcar o gol da vitória de um time no futebol. O inusitado é quando esse jogador não sai do banco de reservas, e sim da agência bancária. 

A história do herói da vitória do Flamengo sobre o Piauí por 1 a 0 vai além do gol que furou a rede do estádio Lindolfo Monteiro, na noite de ontem (23), pelo Campeonato Piauiense. 

Na súmula apenas como João, algo incomum em tempos de jogadores com nomes compostos no futebol brasileiro, o camisa 20 do time rubro-negro entrou em campo no segundo tempo, chutou forte na entrada da grande área e marcou o gol da partida. 

Antes disso, ele precisou tirar 30 dias de férias do banco no qual trabalha para tentar, de novo, realizar o sonho de jogar futebol. 

- Eu trabalho na Caixa, sou bancário. Estou de férias agora. Minha gerente não está muito feliz, não (risos). 

Aos 24 anos, João fez seu primeiro gol como profissional porque só agora ele foi profissionalizado. Depois de jogar futebol nas categorias de base, ele sofreu com lesões nos dois joelhos, passou por duas cirurgias e quase desistiu do sonho. Quase.



- Foi meu primeiro gol como profissional na vida. Acho que nunca vou esquecer. (...) Eu já joguei na base, mas tive um problema de lesão, não consegui continuar. Comecei a trabalhar. Peguei um afastamento do trabalho agora porque o Flamengo me deu uma oportunidade para começar a carreira. 

Uma prova de que ele quer continuar na carreira é a de que João vai aderir aos nomes compostos de jogadores. Conhecido também como Batista, pretende agora ser relacionado como João Batista nas súmulas. 

Se tudo der certo no futebol, João Batista vai deixar o banco de reservas. Mas não pretende deixar o outro banco. 

- Se der certo, eu estou trabalhando para que dê certo no futebol, para que eu peça uma licença (da agência bancária) e, de repente, seguir carreira. 

A entrevista com o João Batista foi o principal assunto do Cidade Esportiva de hoje (24). Confira a íntegra do quadro que foi ao ar no Acorda Piauí: