Cidadeverde.com

Torcedor do Pará foi espancado ao tentar roubar faixa; piauienses podem estar envolvidos

  • altos_x_abc_-5.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • altos_x_abc_-3.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • altos_x_abc_-2.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • salao_de_ouro-4.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • salao_de_ouro-3.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • salao_de_ouro-2.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • salao_de_ouro.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com

O torcedor espancado na noite de ontem (27), no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina (PI), declarou para policiais militares que veio do estado do Pará. O rapaz, ainda não identificado, tentou roubar a faixa da torcida do ABC, que veio ao Piauí acompanhar o jogo com o Altos, pela Copa do Nordeste. 

Em entrevista para a TV Cidade Verde nesta segunda-feira (28), o major Nivaldo, comandante do policiamento no estádio durante a partida, disse que o jovem foi encontrado minutos depois do espancamento. O torcedor relatou ter aproveitado que já estava em Teresina e tentou vingar o irmão, que teria sido alvo da torcida do ABC em Belém (PA).

O jovem subiu o muro do estádio no setor da Geral. Ao ser descoberto, foi acuado e espancado com chutes e socos, na laje que cobre os banheiros do setor. Por fim, foi empurrado de volta para fora do Lindolfo Monteiro. 

Nenhum suspeito pelo espancamento foi preso, mas a Polícia Militar faz uso das imagens de TV para identificar os criminosos. 

Major Nivaldo ainda confirmou que piauienses estavam ao lado de integrantes da torcida do ABC e podem ter envolvimento no espancamento do rival paraense. 

Ainda ontem (27), de posse de fotografias feitas no Lindolfo Monteiro, o Cidadeverde.com apurou que pelo menos um dos torcedores flagrados nas imagens é do Piauí. 

Veja a entrevista concedida no Jornal do Piauí: