Cidadeverde.com

Parnahyba vence Flamengo e alcança a liderança do Campeonato Piauiense

  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-1.jpg Elziney Santos / FFP
  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-2.jpg Elziney Santos / FFP
  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-3.jpg Elziney Santos / FFP
  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-4.jpg Elziney Santos / FFP
  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-5.jpg Elziney Santos / FFP
  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-6.jpg Elziney Santos / FFP
  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-7.jpg Elziney Santos / FFP
  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-8.jpg Elziney Santos / FFP
  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-9.jpg Elziney Santos / FFP
  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-10.jpg Elziney Santos / FFP
  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-11.jpg Elziney Santos / FFP
  • flamengo-parnahyba-piauiense-2019-12.jpg Elziney Santos / FFP

Depois de empatar em casa na estreia com o River em 0 a 0, o Parnahyba veio a Teresina (PI) disposto a recuperar os pontos perdidos no Campeonato Piauiense - e conseguiu. Na noite desta segunda-feira (28), no Lindolfo Monteiro, o Tubarão venceu o Flamengo por 2 a 0, pela segunda rodada do torneio. 

O resultado deixou o time do litoral na liderança da competição, com 4 pontos ganhos - empatado com o 4 de Julho, mas em vantagem no saldo de gols. 

O Parnahyba era melhor no primeiro tempo. Tanto que aos 23 minutos Vitinho quase abriu o placar. O jogador azulino entrou na grande área e chutou forte, forçando grande defesa do goleiro do Flamengo. 

No minuto seguinte, veio o gol. Renan aproveitou o cruzamento do escanteio na pequena área e mandou para as redes do Flamengo, de cabeça: Parnahyba 1 a 0. 

O time rubro-negro reagiu logo depois, com uma sequência de quatro escanteios seguidos do lado direito do goleiro Delone, que salvou o Tubarão. 

Mais tarde, o Parnahyba jogou um balde de água fria nas investidas rubro-negras. Aos 44 minutos, Wellington arrancou sozinho para o campo adversário. Na linha de fundo, ele cruzou para Tiago Granja, que empurrou para o gol: 2 a 0.  

No intervalo, o técnico Paulo Júnior fez mudanças no Flamengo. Em uma delas, colocou em campo João Batista, o bancário autor do gol da vitória na estreia contra o Piauí. 

O Leão começou o segundo tempo mais intenso. Por um triz, não conseguiu um pênalti logo no primeiro minuto, mas o árbitro marcou toque com a mão do jogador do Parnahyba fora da grande área. Na cobrança, Kelves mandou por cima do gol. 

Essa foi a tônica do time rubro-negro. Movimentação, mais posse de bola, mas desperdício nas finalizações. Enquanto isso, o Parnahyba contra-atacava com perigo. 

A reta final do jogo foi de domínio do Flamengo na grande área do adversário, com algumas chances desperdiçadas de gol e um certo capricho na falta de qualidade nas finalizações. Desse jeito, buscar o empate era algo improvável. 

Na próxima rodada, o Parnahyba vai receber o 4 de Julho, no domingo, dia 3 de fevereiro. Antes, no sábado, o Flamengo faz o primeiro clássico de 2019 com o River, às 17h, no Lindolfo Monteiro.