Cidadeverde.com

Flávio Araújo chega ao River e fala em fortalecer atual elenco

  • flavio-araujo-apresentacao-7.jpg Victor Costa / River AC
  • flavio-araujo-apresentacao-6.jpg Victor Costa / River AC
  • flavio-araujo-apresentacao-5.jpg Victor Costa / River AC
  • flavio-araujo-apresentacao-4.jpg Victor Costa / River AC
  • flavio-araujo-apresentacao-3.jpg Victor Costa / River AC
  • flavio-araujo-apresentacao-2.jpg Victor Costa / River AC
  • flavio-araujo-apresentacao-1.jpg Victor Costa / River AC
  • sdfgdfgfd.jpg Fabio Lima
  • kjfdghfdgh.jpg Fabio Lima
  • fasdfsdf.jpg Fabio Lima
  • f267d1a0-f040-4422-83c5-50271e37fd1f.jpg Fabio Lima
  • defrgsgfdsg.jpg Fabio Lima

O "Rei do Acesso" voltou, e voltou para ficar. 

Flávio Araújo foi apresentado oficialmente pelo River Atlético Clube, na tarde desta quinta-feira (14), com direito a um discurso emocionado do presidente Genivaldo Campelo. 

A sensação do dirigente parecia de alívio por ter firmado contrato com o treinador que ele pretendia desde o início da temporada 2019. E ao mesmo tempo por ter colocado um ponto final na troca de treinadores que resultou em duas demissões nas últimas duas semanas. 

Se o presidente estava aliviado, Flávio Araújo veio pronto para a pressão. O treinador sabe que a situação é totalmente diferente de 2015, quando ele chegou ao River, montou o elenco desde a pré-temporada, e foi campeão da piauiense e vice-campeão da Série D do Campeonato Brasileiro. 

- O que eu quero no River hoje é voltar a dar alegria ao nosso torcedor. Colocar o River mais uma vez em cenário nacional e, primeiramente, voltar ao título estadual. 

Agora, com um elenco já pronto, e que ainda não venceu em 2019, o treinador pretende avaliar o plantel antes de pensar em buscar reforços. Mas já adiantou que a missão não será fácil. Com o calendário cheio no primeiro semestre, muitos jogadores não estarão dispostos a deixar seus clubes para assumir o novo desafio. 

Flávio Aráujo chega com toda a sua comissão técnica: Hélio Pinheiro (assistente técnico), Pedro Henrique (preparador físico) e Wellington Teles (preparador de goleiros).

O novo treinador começa a trabalhar efetivamente na sexta-feira, quando comandará um coletivo do time principal contra a equipe Sub-20 e definirá quem enfrentará o Parnahyba, no domingo. 

A diretoria prevê dispensas em caso de novas contratações, mas Flávio Araújo não quer pensar assim logo de início. 

- O importante é a gente dar moral para os jogadores que estão aqui. Se esses guerreiros é que vão para a batalha, a gente tem que fortalecer cada um para ter um resultado positivo. 

Contrato
Flávio Araújo tem cláusula de liberação em caso de proposta de clubes de divisão superior. No entanto, lembrou que em 2015 recebeu propostas para deixar o River, mas preferiu seguir com o Galo até o final da temporada. Foi aplaudido depois da resposta. 

- Pode vir proposta, pode. Mas dependendo do momento, se eu sentir que estou fortalecido, que a diretoria, a torcida e os jogadores necessitem que a gente continue no grupo, eu vou ficar, sim.