Cidadeverde.com

River goleia, convence e empolga: Galo está na final do Campeonato Piauiense

  • river-parnahyba-semifinal-5.jpg Victor Costa/River AC
  • river-parnahyba-semifinal-4.jpg Victor Costa/River AC
  • river-parnahyba-semifinal-3.jpg Victor Costa/River AC
  • river-parnahyba-semifinal-2.jpg Victor Costa/River AC
  • river-parnahyba-semifinal-1.jpg Victor Costa/River AC
  • RIVEREPARNAHYBA_(5).jpg Victor Costa/River AC
  • RIVEREPARNAHYBA_(4).jpg Victor Costa/River AC
  • RIVEREPARNAHYBA_(3).jpg Victor Costa/River AC
  • RIVEREPARNAHYBA_(2).jpg Victor Costa/River AC
  • RIVEREPARNAHYBA_(1).jpg Victor Costa/River AC

Com uma atuação quase irretocável no estádio Albertão, o River goleou o Parnahyba por 4 a 0 e se classificou para a decisão do Campeonato Piauiense 2019. A vitória na tarde deste sábado (6) garantiu ainda presença do Galo na Copa do Brasil e Série D do Campeonato Brasileiro de 2020 - neste último, apenas caso não obtenha acesso para a Série C. 

O ritmo intenso das duas equipes no início da partida passou a ter amplo domínio de um lado só aos 18 minutos. A jogada pelo meio surpreendeu a zaga do Tubarão: bola aberta para a lateral esquerda e chute forte de Biro Biro, que recebeu o passe sem marcação e abriu o placar. 

Dois minutos depois, foi a vez do outro lateral marcar. Carlos Henrique recebeu a bola recuada da linha de fundo e chutou forte de fora da grande área. O goleiro Yan, que já havia salvo o Tubarão com outras defesas na partida, caiu no canto, mas não alcançou: 2 a 0.

A essa altura, o Parnahyba precisava fazer quatro gols para se classificar - o River jogou por dois resultados iguais e já havia vencido a partida de ida por 1 a 0. 

Atordoado, o Parnahyba segurou o River enquanto pode, sem oferecer muito perigo ao longo da partida. Na volta do intervalo, o técnico Aroldo Moreira fez duas mudanças e o Tubarão tentou reagir, mas foi em vão. 

O Tubarão virou presa fácil da dupla de artilheiros do Galo. Aos 5 minutos do segundo tempo, Eduardo recebeu a bola na entrada da grande área. Em meio a dois marcadores, ele parecia buscar alguma alternativa para o passe. Mas saiu da marcação e preferiu chutar: 3 a 0. 

Aos 16, foi a vez de Roney. Bismarck cobrou falta da linha de fundo, na direita do ataque tricolor. Ao invés de lançar a bola na grande área, ele tocou para trás. O artilheiro riverino apareceu sozinho, escolheu a melhor posição e chutou cruzado: 4 a 0. 

Aos 25 minutos, o River já tocava a bola para os lados. Não havia mais o que fazer. No fim da partida, houve tempo para "olé" da torcida, que aplaudiu Eduardo e Bismarck quando os dois foram substituídos. 

A atuação tricolor foi mais que convincente. Empolgou torcida e principalmente o time, que busca agora o título de 2019 e a vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste. 

Com a vitória, o River garantiu ainda que o jogo de volta das finais será no Albertão, no dia 14 de abril. A partida de ida será dia 10, contra 4 de Julho ou Altos, que jogam neste domingo (7).