Cidadeverde.com

Hoje no Altos, auxiliar torce pelo Flamengo e espera ter dívida paga

Foto: Luís Júnior/A.A.Altos

Denis Alves está de volta ao futebol piauiense para ser auxiliar técnico de Estevam Soares no Altos. Ele retorna ao estado para ter uma passagem melhor do que a de 2016, quando comandou o Esporte Clube Flamengo ao lado do técnico Athirson. 

Tanto o treinador como o auxiliar acionaram a Justiça contra o rubro-negro piauiense por dívidas trabalhistas. O que todos sabem é que o Flamengo nem sede tem, quanto mais condições financeiras de arcar com os débitos. 

No retorno ao Piauí, o discurso de Denis Alves foi torcida pelo Flamengo, sem ressentimentos. Até porque, torcer pelo Leão é também acreditar que a dívida um dia será paga. 

- Pendência judicial tem. Mágoa, nenhuma. Eu só torço para que eles ganhem todas as competições, até para resolver a situação que está pendente. Quero que se classifiquem para a Copa do Brasil, que estejam sempre brigando lá em cima para que consigam arcar o que foi acordado anteriormente. 

Denis Alves disse ainda que manteve contato com dirigentes rubro-negros antes mesmo de retornar ao Piauí. Entre as conversas recentes, o presidente Everaldo Cunha, vice na época em que os débitos foram contraídos pelo Flamengo. 

Por hora, com o Flamengo sem nenhuma competição profissional para jogar até o fim do ano, só resta a Denis Alves esperar pelo futuro. No presente, o foco é a fase preliminar da Copa do Nordeste e a Série D do Campeonato Brasileiro com o Altos.