Cidadeverde.com

"A gente estava na UTI": Altos renasce e fará duas "finais" na Série D

Foto: Luís Júnior/A.A.Altos

O goleiro Camilo resumiu bem a situação do Altos na Série D do Campeonato Brasileiro:

- A gente estava na UTI, e a gente foi para o quarto agora, digamos assim. E uma coisa que nós tínhamos combinado entre nós era de irmos passo a passo, jogo a jogo. Foi a primeira decisão que temos de três nessa fase. 

A vitória sobre o Central (PE) foi a primeira de três que o Altos precisa para se classificar na Série D. O próximo jogo será sábado (1º) contra o invicto Atlético (CE), fora de casa. 

Mas no Grupo A05 da Série D, nem o Atlético está classificado. Camilo já fez as contas:

- Nossa chave é um grupo muito difícil, equilibrado. Os três clubes podem chegar a 12 pontos. 

E é verdade. Se Altos e Central vencerem todos os seus jogos, terminarão empatados com o Atlético com 12 pontos. Parece absurdo, mas é possível - pelo menos na matemática. 

Antes de fazer conta, é preciso ganhar pontos. O técnico Leandro Campos saiu do jogo de domingo satisfeito com a vitória, mas pensando na próxima "final" do Jacaré. 

- Qualquer ponto perdido pode ser fatal em cima de pretensões de busca de classificação. Nós criamos talvez uma fortificação em cima do jogo de hoje, com o resultado. Agora a consciencia de que nós vamos ter que brigar muito, arrumarmos o que nós pudermos da equipe para que nós possiamos ser realmente eficientes para um jogo fora de casa, contra uma equipe que tem 100% de aproveitamento. 

O Altos se reapresenta na terça-feira (28) e treinará em dois turnos no estádio Felipe Raulino.