Cidadeverde.com

Altos vence Maranhão, mas é eliminado da Série D na fase de grupos pela primeira vez

Foto: Elziney Santos/FFP

Ampliada às 23h14

A vitória por 2 a 1 sobre o Maranhão, na noite deste domingo (9), no Lindolfo Monteiro, em Teresina (PI), não foi suficiente para salvar a Associação Atlética de Altos. O Jacaré foi eliminado na fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em sua curta história.

O Altos chegou a 9 pontos ganhos no Grupo A05, mas dependia de um tropeço do Central (PE). Em Caruaru, os pernambucanos tiraram a invencibilidade do Atlético (CE), venceram por 1 a 0 e chegaram aos mesmos 9 pontos do Jacaré, mas com saldo de gols melhor: 3 contra -3. 

A eliminação encerra precocemente a temporada do Altos, que foi vice-campeão piauiense, eliminado na fase de grupos da Copa do Nordeste, eliminado pelo Santos na primeira fase da Copa do Brasil (7 a 1) e derrotado pelo ABC (RN) na fase preliminar da Copa do Nordeste de 2020. 

O Jacaré voltará a campo no ano que vem, com vagas na Copa do Brasil e Série D do Brasileirão. 

Pressão do início ao fim
O Altos começou o jogo pressionando o Maranhão, mas não conseguia abrir o placar. As melhores chances surgiam com o atacante Manoel, que acertou a trave aos 44 minutos. Na jogada, ele pegou o rebote do Rodrigo Ramos e cabeceou. O goleiro se esticou para defender e a bola bateu no travessão antes de sair. 

Os resultados da rodada ainda ajudavam o Jacaré, que precisava de apenas um gol para se classificar. Mas a rede não balançou no primeiro tempo. 

Na volta do intervalo, o time treinado por Leandro Campos continuou perdendo gols. Aos 5 minutos, a bola passou por todo o gol do Maranhão no cruzamento de Marcinho. Raphael Freitas não alcançou a bola. 

Aos 11 minutos, finalmente o placar foi aberto. Manoel chutou na entrada da grande áres e fez 1 a 0. Porém, um pouco antes, o Central fez o gol da vitória sobre o Atlético Cearense. Com isso, o Jacaré só avançaria se vencesse por 7 gols de diferença. 

Ao invés de iniciar uma goleada, o Altos sofreu o empate aos 27 minutos, em jogada de Marciano. 

O Jacaré reagiu rápido. Aos 31 minutos, Ancelmo, que entrou no segundo tempo, acertou o travessão. E aos 41, o mesmo Ancelmo recebeu na grande área e fez o gol da vitória por 2 a 1. 

Encerrada a partida, os atletas do Altos esperavam o fim do jogo do Central, na expectativa de um gol que garantisse a classificação, mas esse gol não veio.