Cidadeverde.com

Atacante piauiense vestirá a camisa 11 da seleção no Torneio das Nações

Foto: CBF

Adriana (de colete), treina ao lado de Marta, camisa 10 da seleção e cinco vezes eleita a melhor do mundo

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a numeração dos uniformes da seleção feminina, que vai disputar o Torneio das Nações, em Kansas City, nos Estados Unidos. A atacante piauiense Adriana vai vestir a camisa 11 do time canarinho. 

O Brasil estreia nesta quinta-feira (26), contra a Austrália, às 17h15 (horário de Brasília). A seleção ainda fará outros dois jogos, contra Japão (dia 29) e Estados Unidos (dia 2 de agosto). 

Adriana defende o Corinthians, clube que lidera o Grupo 1 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. A atacante piauiense é a vice-artilheira da competiçaõ, com 9 gols - e está apenas dois gols atrás de Danyelle, do Flamengo, que não integra a seleção brasileira nos EUA. 

A jogadora piauiense foi revelada pelo Tiradentes e convocada pela primeira vez no ano passado, após o técnico Vadão ver sua atuação pelo Rio Preto (SP). Adriana, conhecida no futebol do Piauí como "Maga", viajou para um torneio internacional na China e foi campeã. 

Piauienses vão ao pódio nos jogos pan-americanos universitários

O atletismo do Piauí conquistou duas medalhas no Fisu America Games, os Jogos Pan-Americanos Universitários, evento que teve início no último fim de semana, em São Paulo (SP). Lara Beatriz Morais da Silva e Lia Raquel dos Santos Carvalho voltam para o estado com duas medalhas de prata. 

As medalhas foram conquistadas nas provas de revezamento. Na prova dos 4x100 metros, o ouro foi para o México (45seg16). A prata ficou com o Brasil (46seg71) e o bronze com a equipe da Colômbia (50seg84). 

Já no 4x400m, a prata veio com o tempo de 3min40seg71. O ouro ficou com o México (3min37seg68) e o bronze com os Estados Unidos (3min49seg98). 

Lara Beatriz ainda disputou a final dos 100 metros rasos, na qual terminou na sexta posição (11seg94). 

Nos 200 metros, Lia Raquel ficou com a quarta posição, apesar de ter vencido sua série final (24seg03). 

Presidente da Federação Academica de Esportes Piauiense (FAEP), Jânio Silva, integra a equipe de coordenação do evento, que reúne cerca de 1.500 pessoas de 12 países. O evento terminará no dia 29 de julho. 

O menino piauiense que fez uma camisa do Vasco com papel e foi parar em São Januário

 

Ele saiu de Paulistana, no Sul do Piauí, para o estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ). Não, não é nenhum novo jogador do Vasco - pelo menos ainda. Mas um torcedor que se tornou ilustre graças a outros torcedores na internet. 

No junho passado, Otávio Coelho, de apenas 10 anos, viralizou nas redes sociais após ter uma foto postada com a camisa do Vasco. Mas essa camisa era especial, com detalhes em papel, feita por ele. 

Otávio desenhou a cruz de malta, seu nome, nome de patrocinador. Usou cartolina, papel e outros materiais para adaptar uma camisa preta velha que ele tinha em casa. 

A foto foi postada pelo irmão mais velho, Mateus, e logo ganhou a internet. 

Um mês depois, Otávio estava com o pai, Naildo Gomes, em São Januário, torcendo na vitória do Vasco sobre o Grêmio - 1 a 0, no último domingo (22).

 

 

Antes disso, Otávio e o pai ganharam uniformes novos com seus nomes. O garoto ainda foi presenteado com uma camisa autografada pelos jogadores, entrou em campo ao lado do ídolo Martín Silva e visitou o time no vestiário após o jogo. 

Não bastasse tudo, o clube ainda levou pai e filho do sertão para conhecerem o mar. Esses momentos inesquecíveis na vida do garoto piauiense foi registrado em vídeo divulgado pelo Vasco. 

 

Prazo de inscrições para o Piauiense Sub-17 termina na quarta-feira (25)

Até a tarde desta segunda-feira (23), apenas duas equipes haviam feito inscrição para o Campeonato Piauiense Sub-17 de futebol masculino. O prazo termina na quarta-feira (25). 

River e Biro Esportes foram os times que se inscreveram com antecedência. A maioria deve deixar para o último dia. 

Robert Brown, diretor de competições da Federação de Futebol do Piauí (FFP), acredita que cerca de oito equipes devam participar do torneio. 

O conselho arbitral para definir o regulamento da competição está marcado para quinta-feira (26). 

Atacante piauiense é convocada para torneio com a seleção brasileira

A atacante piauiense Adriana, do Corinthians, foi convocada pelo técnico da seleção feminina principal, Vadão, para a disputa do Torneio das Nações, que acontece nos Estados Unidos a partir de quinta-feira (26).

Adriana já estava na lista de 19 jogadoras convocadas para treinamentos em Itu (SP). O período de preparação começou no dia 11 de julho e terminou ontem (22). 

A jogadora piauiense foi revelada pelo Tiradentes e convocada pela primeira vez no ano passado, após o técnico Vadão ver sua atuação pelo Rio Preto (SP). Adriana, conhecida no futebol do Piauí como "Maga", viajou para um torneio internacional na China e foi campeã. Desde então, sua presença na seleção brasileira principal se tornou mais frequente. 

Torneio das Nações
A competição começa na quinta-feira, com Brasil e Austrália. A seleção brasileira ainda irá enfrentar o Japão, no dia 29, e os Estados Unidos, no dia 2 de agosto. 

Para o torneio, o técnico Vadão convocou nomes que não estavam na fase de treinos: a lateral Poliana, a zagueira Mônica e a meia Camila (todas do Orlando Pride-EUA), as meias Thaisa (Sky Blue-EUA), Andressinha (Portland Thorns-EUA) e Rayanne (Flamengo), e as atacantes Thaís e Beatriz (Incheon-COR), Debinha (North Carolina Courage-EUA) e a craque Marta (Orlando Pride-EUA). 
 
A goleira Tainá (Corinthians), as laterais Jucinara (Valencia-ESP) e Joyce (Tenerife-ESP), a zagueira Ana Carolina (Flamengo), a meia Djenifer (Iranduba) e a atacante Nenê (Corinthians) participaram dos treinamentos e foram cortadas da lista final. 

Piauiense é campeã em torneio internacional de futebol feminino

Reprodução/Instagram

A volante piauiense Júlia Beatriz conquistou seu primeiro título internacional. Foi no último fim de semana, na disputa do BRICS Games, em Joanesburgo, na África do Sul. 

No sábado (21), a seleção brasileira de futebol feminino sub-17 venceu seu último jogo no torneio: 5 a 0 sobre a Índia, garantindo o título da competição ao Brasil. 

A China ficou com o segundo lugar, seguida por África do Sul, Rússia e Índia. 

Júlia Beatriz marcou dois gols no jogo de estreia, contra a China. O Brasil foi campeão com três vitórias, um empate e 13 gols marcados. 

 

 

 

A seleção brasileira mantém suas atenções para a Copa do Mundo Sub-17, que será disputada no Uruguai, a partir de 13 de novembro. A expectativa é de que Júlia Beatriz possa estar entre os convocadas. 

Foto: CBF

Handebol do Piauí fica com o bronze no Campeonato Brasileiro

O fator casa não foi suficiente para o Parnaíba/GHC/Maurício de Nassau levar a melhor no Campeonato Brasileiro de Handebol Adulto Masculino, encerrado no último fim de semana, em Parnaíba (PI). 

Depois de fazer a melhor campanha na fase de grupos, com 100% de aproveitamento, o time treinado pelo professor Giuliano Ramos acabou derrotado na semifinal pelo Sport Recife (PE). 

No sábado (21), na disputa de terceiro lugar, o GHC se recuperou e levou a medalha de bronze, após derrotar o Audax/MAC (MA) por 24 a 21. 

O campeão do torneio foi o Clube Português (PE), que bateu o Sport na final por 20 a 15. 

Mesmo com virada heroica, Brasil fica com a prata no Pan Júnior de Badminton

Fabrício Farias perdeu o primeiro set para Victor Lu, do Canadá (21 a 19). 

Ficou em desvantagem mais uma vez no segundo set. Chegou a perder por 18 a 12. O canadense tentou administrar o resultado e esteve a dois pontos de vencer a partida. 

Mas o piauiense fez o improvável: tirou seis pontos de diferença, virou o placar, venceu o segundo set (21 a 19) e desmontou o adversário no tie-break: 2 sets a 1 (19-21; 21-19; 21-06).

Assim começou a disputa do título por equipes do Pan-Americano Júnior de Badminton, em Lauro de Freitas (BA), nesta sexta-feira (20). O resultado empolgante parecia um sinal de que o ouro estava próximo. Mas o Brasil bateu na trave. Deu trabalho ao Canadá, mas terminou com a prata. 

 

 

Na segunda partida, a piauiense Sania Lima não conseguiu superar Katie Ho-Shue na disputa de simples feminino e perdeu por 2 sets a 0 (14-21; 17-21). 

Nas duplas masculinas, o confronto foi mais equilibrado, e com vitória brasileira. William Guimaraes e Jonathan Mathias derrotaram Stanley Feng e Victor Lu por 2 a 0 (21-15; 22-20). 

Já nas duplas femininas, as canadenses deram o troco. Talia Ng e Wendy Zang derrotaram as piauienses Jaqueline Lima e Samia Lima por 2 a 0 (21-13; 21-15). 

A decisão ficou para o confronto de duplas mistas. Fabrício Farias voltou para a quadra ao lado de Jaqueline Lima. Do outro lado, Stanley Feng e Crystal Lai. Os piauienses fizeram um jogo equilibrado, mas acabaram derrotados por 2 a 0 (21-17; 21-18). 

Veja as cinco partidas na íntegra

O Canadá fechou a série em 3 a 2 e ficou com o título. O Brasil levou a prata e os Estados Unidos ficaram com o bronze. 

E o Pan Júnior não acabou. Na próxima semana, começam os confrontos individuais e de duplas, com mais medalhas em disputa. 

Veja a cerimônia de premiação

Handebol do Piauí está na semifinal do Campeonato Brasileiro em Parnaíba

Apenas quatro equipes seguem na disputa do título do Campeonato Brasileiro de Handebol Adulto Masculino, que acontece em Parnaíba (PI). As semifinais serão disputadas na noite desta sexta-feira (20). 

O representante piauiense no torneio, Parnaíba/GHC/Maurício de Nassau, irá enfrentar o Sport Recife (PE). Na outra semifinal, o Português/AESO (PE) vai encarar o Audax/MAC (MA). Os jogos começam às 19h, no ginásio da escola Roland Jacob. 

Na noite de ontem, o time piauiense comandado pelo técnico Giuliano Ramos derrotou o Audax/MAC (MA) por 30 a 17 e fechou a fase classificatória com 100% de aproveitamento. Os pernambucanos se classificaram com duas vitórias e uma derrota - ontem, para o Português/AESO.

Os oito times que iniciaram o torneio continuam em Parnaíba para o último dia de competição. O campeonato terá as disputas de sétimo, quinto e terceiro lugar, antes da final, marcada para 20h30. 

Piauienses garantem vitória e Brasil disputa final do Pan Jr. de Badminton com o Canadá

Fotos: Tecnologia da Comunicação/CBBd/HM

A seleção brasileira de Badminton disputa, nesta sexta-feira (20), a partir das 16h, a final do Pan-Americano Júnior por Equipes. O torneio acontece em Lauro de Freitas (BA). 

A decisão será contra o Canadá, que eliminou o Chile na semifinal. Os brasileiros passaram pelos Estados Unidos, atuais campeões do torneio, para se garantirem na decisão. 

O Brasil nunca foi campeão do torneio por equipes no Pan Júnior. Dos 20 integrantes da delegação no torneio, oito são do Piauí, sendo que apenas piauienses entraram em quadra na semifinal. 

No badminton por equipes, a disputa acontece em cinco partidas - simples masculino e feminino, duplas masculinas, femininas e mistas. Leva a melhor quem vencer o maior número de confrontos. 

O Brasil estreou na fase de grupos contra o Canadá e foi derrotado pro 4 a 1. Mas reagiu e venceu o México (5 a 0) e depois o Peru (5 a 0). 

Ontem (19), na semifinal, o time brasileiro precisou de apenas três jogos para superar os norte-americanos. Na disputa de simples feminino, a piauiense Jaqueline Lima venceu Esther Shi por 2 sets a 0 (21-16; 21-12).

No confronto seguinte, o piauiense Fabrício Farias teve um duelo mais equilibrado com Bryce Kan no primeiro set, mas também veneu por 2 a 0 (21-18; 21-10).

A classificação para a final veio nas duplas femininas com as irmãs piauienses Samia e Sania Lima, que derrotaram Sanchita Pandey e Esther Shi por 2 sets a 1 (19-21; 21-13 e 20-22). 

Posts anteriores